Versão vazada do Windows 10X mostra sistema parecido com Chrome OS e iPadOS

Menu Iniciar do Windows 10X ocupando a tela toda com barra de pesquisa, apps e sites e arquivos usados recentemente.
O novo menu Iniciar em tela cheia. Imagem: The Verge/Reprodução.

Vazou uma versão preliminar do Windows 10X e o The Verge pôs as mãos nela rodando em um dispositivo de uma tela só. (O 10X, inicialmente, seria destinado apenas a dispositivos com duas telas.) O sistema parece ser uma resposta ao Chrome OS — e ao iPadOS e, não que isso seja algo bom, lembra bem o finado Windows RT.

O menu Iniciar perde os bloquinhos e ocupa a tela toda, aquele monte de ícones no canto direito da barra inferior desapareceu, e um toque/clique no relógio expande Central de Ações. As janelas dos apps abrem sempre em tela cheia e podem ser postas lado a lado, como no iPadOS. Outra coisa intrigante é a simplificação do Explorador de Arquivos: ele gerencia arquivos do OneDrive, baixados e de pen drives, mas “não há como acessar arquivos locais,” segundo a reportagem porque o 10X é um sistema feito para a nuvem. Para fechar, aplicativos desktop/clássicos não devem ser suportados. Sei não, hein… Veja mais fotos e GIFs animados no The Verge (em inglês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 comentários

  1. Pelo o que eu ouvi, o suporte a aplicativos “legados” chegaria ao Windows 10X em uma atualização futura… Mas isso me parece um erro… Se eu tivesse algum poder de decisão dentro da Microsoft eu adiaria esse sistema para lançar tudo junto. Afinal, seria o diferencial dele, e competiria com a compatibilidade com apps de Android do ChromeOS.

    Falando em ChromeOS, a Google também comprou a Neverware, dona do Cloudready (o sistema que transforma qualquer notebook, especialmente antigos, em chromebooks): https://cloudreadykb.neverware.com/s/article/Neverware-is-now-part-of-Google-FAQ

  2. Tenho certeza de que o Launcher não ocupa a tela toda por padrão. Tem vídeo do Windows Central mostrando ele menorzinho. E acho normal ter receio com isso por causa do RT, mas as propostas são bem diferentes. Eles não querem substituir o Windows 10 com esse. Sem programas Win32 no começo fica meio difícil, mas eles vão ser suportados mais tarde.

  3. é muito esquisito ver aquele monte de ícones do Word: a interface até pode se pretender “contemporânea” (ainda que falhe miseravelmente), mas aquele amontoado de documentos de Word fazem você se imaginar nos anos 90

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário