Logo da Insider à esquerda e a frase à direita: “Use o cupom MANUALDOUSUARIO12 e garanta peças básicas de qualidade com desconto”.
Sente-se em uma cadeira desconfortável, em um local desconfortável e olhe para uma tela desconfortavelmente pequena com um navegador web desconfortavelmente ultrapassado. É fácil usar os sites que você criou?

— Terence Eden

Terence, que se refere à característica de um site ser usável mesmo em condições adversas como “eficácia excessiva”, usa o Gov.uk, site oficial do governo britânico, como exemplo positivo. É um de suma importância e que, como tal, funciona até no limitadíssimo navegador web do PSP. O Manual do Usuário adere a essa linha. Você pode acessá-lo sem prejuízo no ainda mais limitado navegador do Kindle.

Sites informativos que funcionam em qualquer navegador e em qualquer dispositivo deveriam ser a regra, mas são exceções. O que ganhamos com essa troca? Uma animação bonitinha? Um vídeo de 41 MB carregando ao fundo de um site que promove uma tecnologia de acesso rápido a conteúdos na internet? Via Terence Eden’s Blog (em inglês).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário

  1. Acho importante esse cuidado ao desenvolver sites, principalmente tendo em vista o público alvo, que pode ser parte da população que não possui recursos mais modernos para acessar conteúdos firulentos :). Costumo utilizar em meus projetos padrões que são compatíveis com a maior parte dos navegadores. Sem frameworks de ultima geração, sem efeitos desnecessários, mas, caso o publico alvo seja o que anseia por esse tipo de conteúdo, costumo inseli-lo depois, após garantir que a base seja funcional. Primeiro vamos à camada de apresentação padrão, HTML/CSS/Javascript, para depois inserir flores. Ainda deve-se levar em conta acessibilidade, que sim, produzir um sistema nesse nível custa, mas já deveria ser levado em conta sempre que iniciar um projeto.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário