Capacete de oxigênio desenvolvido pela UEM está auxiliando pacientes em várias cidades do estado

Professores dos cursos de Física e Medicina da Universidade Estadual de Maringá (UEM) desenvolveram um capacete de oxigênio de baixo custo para pacientes moderados de COVID-19, ou seja, aqueles que precisam de oxigênio, mas ainda não de intubação. O capacete é uma alternativa menos invasiva e mais consistente às máscaras de oxigênio. No primeiro lote, de 100 unidades, o custo por unidade ficou em R$ 65. Via CBN.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário