System76 passa a enviar produtos ao Brasil

A System76, fabricante norte-americana de computadores lindões com Linux e responsável pelo Pop!_OS, agora envia para o Brasil. Duro que é em dólar. E o frete não deve ser barato. E ainda tem os impostos. Esta talvez seja a pior hora para dar esta notícia, mas, de qualquer forma, uma boa notícia. Via @system76_com/Instagram (em inglês), @pinguinsmoveis/Telegram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 comentários

  1. Booooa! Há anos que acompanho a empresa e sempre quis ter algum produto deles. Agora só falta a grana… =/

  2. Resta saber a que preço chegaram aqui e se viram com teclado abnt.
    Será que a Pine64 tem planos semelhantes? Porque ando meio decepcionado desde o Pi400 de mil reais.

    1. Resta saber a que preço chegaram aqui e se viram com teclado abnt.

      Pelo que entendi, eles simplesmente enviarão o produto dos EUA, sem personalização e pagamento em dólares.

  3. Agora me caiu uma ficha aqui. A Positivo e outras empresas de tecnologia BR poderiam arriscar uma parceria com a System76 e na verdade até montar aqui os PCs ou instalar o PopOS em parceria, não?

    Sim, eu sei que brasileiro tem trauma de Linux de fábrica – e o lendário “PC para Todos” que todo mundo metia um Win piratinha e ia levando. Mas tipo, arriscar de novo as vezes é uma boa aposta.

    Lembrando também do famigerado Linux com cara de windows que uma empresa brasileira montou como distro e até vende uma versão “com melhorias”…

    1. Pela proposta da empresa, acho que não faz sentido parceria desse tipo.

      Apesar de vender design prontos, eles fazem mudanças no produto (e.g. coreboot, firmware) que deve ser complicado terceirizar. E, na prática, eles querem trabalhar com design próprios como já fazem com o desktop e o teclado. Fora o suporte, que precisa ser muito especializado, já que eles dizem suportar qualquer distribuição ou SO.

      Os produtos são bem caros e focados em usuários profissionais, eles estão no espectro oposto de quem comprava um PC de entrada sem saber que não tinha Windows. Eles vendem Linux como valor agregado, não como redução custo, a pessoa paga mais para ter esse suporte.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário