Pessoa de sexo não identificado, com cabelo roxo e pele azul, segurando uma xícara de café com vários ícones em alusão ao Manual do Usuário na fumaça e um celular na outra mão. Embaixo, o texto: “Apoie o Manual pelo preço de um cafezinho”.

Os primeiros reviews do chip M1, da Apple

O embargo caiu e várias publicações soltaram suas análises dos novos computadores da Apple com o chip M1, também da Apple. A primeira impressão é ótima: desempenho superior ou equivalente ao do dos chips topos de linha da Intel e AMD e baixo consumo energético (leia-se: maior duração da bateria e, mesmo nos modelos com ventoinha, silêncio).

Para quem quer números e tabelas, indico a análise do Mac mini feita pelo Anandtech. Para tarefas mais mundanas com ênfase no (não) barulho das ventoinhas, este vídeo dos novos MacBook Air e Pro do Wall Street Journal. Ambos em inglês.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

1 comentário

  1. Apesar de absurdamente caros para os padrões brasileiros e ser um produto que nunca irei comprar, fico feliz pelos resultados por um simples motivo: Abre-se o caminho para que a arquitetura ARM se popularize entres os notebooks e tenhamos em breve opções mais acessíveis de outras fabricantes.
    Maior duração de bateria e ausência de ruído serão muito bem vindas!

    Só não queria é estar na pele da Intel, que parece ter um futuro sombrio pela frente.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário