Pessoa de sexo não identificado, com cabelo roxo e pele azul, segurando uma xícara de café com vários ícones em alusão ao Manual do Usuário na fumaça e um celular na outra mão. Embaixo, o texto: “Apoie o Manual pelo preço de um cafezinho”.

O plano da Meta para colocar óculos de realidade aumentada nos nossos rostos

A Meta (ex-Facebook) quer estar vendendo “dezenas de milhões” de óculos de realidade virtual até o fim da década, e os primeiros modelos comerciais desse ambicioso plano devem chegar ao mercado em 2024.

Os detalhes foram revelados pelo The Verge, que obteve o cronograma da empresa.

Mark Zuckerberg, co-fundador, CEO e manda-chuva da Meta, encara os óculos de realidade aumentada como um “novo momento iPhone” e está disposto a arriscar bilhões de dólares e o futuro da empresa neles.

“O ego de Zuck está interligado [aos óculos]”, disse uma fonte anônima à reportagem. Via The Verge (em inglês).

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

5 comentários

  1. Começou a corrida pra encontrar a próxima tendência bilionária. O próximo produto/serviço que vai levar o consumidor final à loucura, moldando os desejos de consumo pelos próximos 15 anos. Vamos ver o que vai sair daí.

    E na boa, ele podia ser menos óbvio com isso, não? Steve Jobs deixou para divulgar o iPhone depois que ele tinha o produto completo. Depois de ter um protótipo 100% funcional.

    Essa atitude do Mark me lembra a “política” atual de lançamento dos jogos. Publicidade enorme, mas o produto final não chega pronto.

  2. “está disposto a arriscar bilhões de dólares e o futuro da empresa neles”

    Se o futuro da empresa está em jogo, tenho mais um motivo para torcer por um completo fiasco!

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário