Netflix testa modo somente áudio para competir com podcasts e áudiolivros

Foram encontrados trechos de códigos no app da Netflix para Android que sugerem testes da empresa com conteúdos que podem ser consumidos apenas por áudio — pense em apresentações humorísticas ou contação de histórias, por exemplo. A Netflix já tem algumas obras que poderiam ser apenas ouvidas, sem muito prejuízo, mas o potencial está no que pode vir dessa novidade. Da mesma forma que o domínio do streaming alterou a maneira como se produz música, uma Netflix do áudio expandiria as possibilidades da plataforma.

Não é algo muito maluco, se pararmos para pensar. Vide o Spotify, que já partiu por esse caminho. E tem aquela declaração do Reed Hastings, CEO da Netflix, de que um dos maiores rivais da Netflix é Fortnite. O que está em jogo aqui é a nossa atenção; o conteúdo são as armas dessa guerra. Via Protocol (em inglês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 comentários

  1. O conteúdo por áudio tem algo imbatível em relação ao vídeo: ele pode ser consumido enquanto você faz outras coisas, seja dirigindo, lavando pratos, jogando e até trabalhando. Estes momentos são inatingíveis por conteúdo de vídeo e, até por isso, essa investida faz sentido.
    Esse vai ser o ano dos podcasts pelo visto! \s

      1. Longe disso. Se o Netflix não foi capaz de “matar” o YouTube, quem dirá os podcasts em feed aberto…

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário