Pessoa de sexo não identificado, com cabelo roxo e pele azul, segurando uma xícara de café com vários ícones em alusão ao Manual do Usuário na fumaça e um celular na outra mão. Embaixo, o texto: “Apoie o Manual pelo preço de um cafezinho”.

Sobre o suporte ao formato EPUB no Kindle

A Amazon atualizou uma página de suporte do Kindle que, agora, informa que o serviço de documentos pessoais consegue lidar com e-books em EPUB, o formato mais popular do mundo, até então sem compatibilidade com o e-reader mais popular do mundo.

Há relatos de que o serviço de documentos pessoais do Kindle já conseguia lidar com EPUB antes da alteração na página de suporte. (No último registro válido do Archive.org, de setembro de 2021, ainda não exibia a menção ao EPUB.)

Na página de suporte, a informação de que “[a] partir do final de 2022, os aplicativos do Serviço de documentos pessoais do Kindle serão compatíveis com o formato EPUB (*.epub)” aparece no tópico dos aplicativos, ou seja, não diz respeito ao envio por e-mail, que já traz o EPUB no rol de formatos compatíveis.

De qualquer maneira, não é como se a Amazon estivesse abraçando o EPUB. O serviço de documentos pessoais consiste em enviar um documento/arquivo à Amazon ou passá-lo via aplicativo para tê-lo disponível no Kindle. Nesse caminho, a Amazon converte o EPUB para um formato próprio. Se você conectar o Kindle com um cabo USB e arrastar arquivos EPUB, por exemplo, o Kindle não conseguirá abri-lo.

Outra mudança prevista para o final do ano é o fim do suporte a arquivos MOBI (*.azw, *.mobi) no serviço de documentos pessoais e a menção, da Amazon, de que ele “não é mais compatível com os recursos mais recentes do Kindle”. Via Amazon.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

9 comentários

  1. Eita. Se vai deixar de aceitar mobi fazemos como? Só ePub de agora em diante? Brabo que as vezes a formatação de um ePub convertido não é tão assertiva quanto de um .mobi

  2. Ué. Achei que azw e mobi fossem os formatos da amazon.
    Aproveitando: alguém sabe qual a vantagem em fazer o (trabalhoso) jailbreak pro kindle?

  3. Pior que, até onde me lembro, sempre foi possível, mas com algumas gambiarras.

    Se você enviar um arquivo epub por e-mail, mas mudar a extensão dele para .txt (apenas renomear a extensão), ele faz essa conversão e o arquivo chega como um ebook normal.

  4. Eita, eu sempre uso .mobi pra enviar os ebooks, não precisa converter, é 100% compatível e sempre tem ele como formato para baixar…

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário