Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

iPhone terá que usar conector USB-C a partir de 2024, diz União Europeia

Países da União Europeia e legisladores do bloco chegaram a um acordo nesta terça (7) a respeito da padronização de cabos de recarga de pequenos eletrônicos.

A partir de 2024, será obrigatório o uso do USB-C no bloco. Isso significa mudanças à Apple, única entre as grandes que ainda não abraçou o USB-C. Se quiser continuar vendendo produtos no Velho Mundo, a empresa terá que aposentar o conector Lightning, que equipa todos os iPhones desde o iPhone 5, além de alguns iPads e outros acessórios, como os AirPods.

Outros detalhes da vindoura lei europeia é a opção ao consumidor de adquirir novos produtos com ou sem um cabo, e a extensão da padronização a notebooks, 40 meses após a legislação entrar em vigor. Via Parlamento Europeu (em inglês).

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

15 comentários

  1. Aí vem a trolada de ter loja em um país que não faz parte da união européia, mas é do continente europeu.
    E com isso nas lojas já existentes, só oferecer suporte/reparo.

    1. Olha, não sei como é exatamente o “zoneamento de mercados”. No entanto, sei que mesmo no continente europeu há diferenças de banda de celular ou limitações técnicas. Dentro da Zona do Euro creio que é uma coisa. Fora da zona acho que continuará o que é hoje. Vai saber.

      E não duvido que no final a Apple vá para USB-C para todo o mercado internacional, até porque entende que pode levar pito de outros mercados se fazer aparelhos diferentes demais entre mercados. E também pois mais prático.

      (Strange Parts deve estar feliz por aí agora, esperemos)

  2. Mixed feelings nessa história. Padronizar é ótimo neste momento, diminui custos dos consumidores e pegada ambiental dos produtores no curto prazo. Mas… e quando o USB-c evoluir para… sei lá USB-D? Ou tivermos um padrão melhor? Ou o sem-fio for tão bom que cabo virar coisa do passado? Ficaremos restritos a sempre ter que oferecer USB-C? Ou serão mais infinitos anos de discussão, com lobby das cada vez mais poderosas produtoras de devices, até uma nova padronização?

    1. A ideia é evoluir a legislação junto com o avanço tecnológico. O comunicado do Parlamento Europeu aborda isso, indiretamente quando diz que a padronização levará em conta tecnologias de recarga rápida, e diretamente, ao fazer uma menção a padrões wireless:

      Encouraging technological innovation

      As wireless charging technology becomes more prevalent, the European Commission will be empowered to develop so-called delegated acts, on the interoperability of charging solutions.

      Acho a troca (ou o “trade-off”) aqui super válido. Recarga de baterias não é uma tecnologia que evolui tão rápido quanto outros elementos de eletrônicos modernos, e mesmo que sim, uma padronização pode significar que cabos antigos continuarão funcionando. Para muita gente — e eu me incluo nesse grupo — recarga rápida, por exemplo, é algo dispensável.

      1. Creio que o padrão Micro-B já tenha uns 20 anos, não? USB-C tem uns 5 anos.

        Também creio que um USB-D não será algo plausível nos próximos anos. Já estamos em uma variação do USB 3.2, já previsto com o cabeamento atual. Então tipo, “morre” os padrões no C mesmo.

    2. As taxas de transferência e potência de carregamento tendem a evoluir, mas o formato C vai durar muitos anos.

  3. a medida é bem-vinda — só é uma pena que vai acabar com o magsafe quando passar a valer para os laptops

    1. Será? Os novos MacBooks com Magsafe também recarregam via USB-C/Thunderbolt. Acho que já se enquadram na futura exigência da UE — por essa ótica, o Megasafe é um extra.

    1. finalmente! quando eu quero traduzir algo eu acabo abrindo uma página no edge, agora é menos um motivo para usá-lo

    2. Tradução automática para o navegador sem usar processamento remoto para isso, somente processamento local?!
      Ouch! Legal, não sabia que o Firefox viria com isso.

  4. Será que ela só vai por um conversorzinho na caixa e pronto? Ou quando fala NO BLOCO, significa realmente que ela vai ser obrigada mesmo a mudar?

    1. “No bloco”, ali no texto, é em referência à União Europeia.

      Ainda não se tem o texto final da lei, mas, segundo o do comunicado à imprensa do Parlamento Europeu, essa “meia-solução” do adaptador não vai colar (grifo meu):

      Mobile phones, tablets, e-readers, earbuds, digital cameras, headphones and headsets, handheld videogame consoles and portable speakers that are rechargeable via a wired cable will have to be equipped with a USB Type-C port, regardless of their manufacturer.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário