+2 mil pessoas pedem, em carta aberta, que Richard Stallman seja removido de posições de liderança

Mais de 2 mil pessoas, incluindo líderes de projetos e comunidades de software livre, assinaram uma carta aberta exigindo que Richard Stallman seja removido de todas as posições de liderança da Free Software Foundation. Nesta semana, Stallman foi reintegrado ao conselho diretor da FSF. A carta o acusa de ser “misógino, capacitista e transfóbico, entre outras sérias acusações de condutas imprópria”, e que alguém assim “não tem lugar em comunidades de software livre, direitos digitais e tecnologia”. A carta também demanda que o conselho inteiro renuncie, por ter, durante anos e agora outra vez, liberado e dado poder a Stallman. Via Ars Technica (em inglês).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 comentários

  1. A cultura do cancelamento é ridícula, mas o RMS, e ninguém tira dele as coisas realmente incríveis que ele proporcionou, tem opiniões que não dá pra relevar, Como uma figura pública mais conhecida, a minha impressão é que, mantendo-o e acolhendo-o é como se a FSF tivesse chancelando esse comportamento dele, e isso faz mas mal do que bem a fundação e vai afastando o público dela.

  2. Uma outra camada nessa história é que as opiniões do RMS em questões bem polemicas, deram munição para atuarem contra a FSF.

    A FSF defende os usuários de software. Ela e suas irmãs, FSFE, FSFLA, etc, são as poucas instituições que tem por missão lutar contra o software proprietário. São as poucas instituições, bem conhecidas, que dizem que o software proprietário não deveria existir, pq faz mal as pessoas, e que o software deveria ser livre.

    As opiniões do fundador e, durante muito tempo, líder do movimento, deram espaço para instituições que não se importam tanto assim com as pessoas (mas sim com negócios). Não é por acaso que a OSI (Open Source Initiative) aparece bastante na lista de assinaturas. A OSI é contrária a posição da FSF. Para ela software proprietário pode coexistir com software livre, por questões de negócios, a liberdade de software do usuário está em segundo plano.

  3. +1500 ‘pessoas’, em outra carta, são contrárias ao expurgo do RMS da FSF, do movimento do Software Livre, quiça do planeta Terra:
    https://rms-support-letter.github.io/

    Daí, pra você que lê essa notinha, saiba que essa história tem mais de um lado. O lado focado é dado por quem escreveu a notinha. Não estou fazendo juizo de valor não, só chamando a atenção para isso.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário