Amazon arrocha editoras e pede mais descontos na compra de livros

Aquele livro que sai mais barato comprado na Amazon custa caro às editoras. A empresa norte-americana está pressionando editoras brasileiras a aumentarem o desconto das obras (de 55% para 58%) e a abrirem mão de uma “taxa de marketing” de 5%. Um grupo de 120 editoras se prepara para responder à tentativa de arrocho pela Amazon. Via Publish News.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 comentários

  1. Me corrijam se eu estiver errado, mas em toda a cadeia de produção de um livro, não são as editoras que ficam com a maior parte dos lucros?
    Autores e livrarias recebem uma parte pequena do preço pelo qual o livro é vendido.

  2. Vi uma vez uma história no twitter (não posso atestar a veracidade) de um cara que publicou um livro e a editora, que estava mal das pernas, vendeu toda a tiragem para a Amazon. Logo em seguida a editora declarou falência. Resultado, o cara nunca ganhou um centavo pelas vendas do próprio livro.

  3. Acho válido se for versão digital, pro Kindle, já que não tem custos de produção que aparentemente são os maiores custos.

    1. Não é bem assim, o único custo de um ebook que é cortado em comparação com livros de papel é a impressão, que não é o processo mais caro na produção de um livro, especialmente se a tiragem for grande. E o processo de diagramação de um ebook é diferente da produção de um livro para imprimir, então são duas produções distintas para um mesmo livro gerando custos para a editora.

      1. Ainda assim, penso que tem que ser mais detalhado o que de fato existe de custos e o que esses descontos representam.

        Uma coisa é certa… Livros mais baratos sugerem uma maior quantidade de compra.

        Eu mesmo aproveito bastante estas promoções,onde um livro estando 40% mais barato, já pego a vista.

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário