O que tem na mochila do Lucas Oliveira.

O que tem na sua mochila, Lucas Oliveira?


19/9/16 às 9h00

Carteira da Chimp Carteiras sobre uma mesa.

Oferecimento: Chimp Carteiras.
Estamos patrocinando esta seção para espalhar uma mensagem que acreditamos ser muito importante: carregue menos. Queremos deixar a sua vida mais simples. Mais bonita. Melhor. Começando com o seu bolso. Conheça as carteiras Chimp.

Foto do Lucas Oliveira.

Lucas Pontes de Oliveira é formato em administração pelo Insper e trabalhou por dois anos como estagiário de Investment Banking na Goldman Sachs. Hoje, é analista de Relações com Investidores e Estratégia do grupo Arezzo&Co e fundador e CEO da marca Chimp Carteiras. Ambicioso e pró-empreendedorismo, adora as artes, especialmente música. Gosta de compor e produzir música quando tem um tempo livre — deixa as menos piores no SoundCloud. Não se incomoda em pensar diferente da maioria das pessoas.

  1. Messenger Bag. Acho mochilas do tipo tartaruga horrorosas. Acredito que se as coisas que você carrega são pesadas demais pra uma messenger bag, então você precisa deixar de carregá-las. Mochilas tartarugas são para subir montanhas.
  2. Carteira Chimp Sleeve. Essa é a cereja no bolo. Carrego nela tudo que carregava na minha carteira sanduíche de dois anos atrás (6 cartões, CNH, 4 cartões de visita e dinheiro). Gostei tanto quando comprei minha primeira carteira slim que decidi compartilhar a alegria com o Brasil todo. Essa cor, azul, por enquanto é a única que existe. Vou lançar essa cor nova (e outras duas) no site até o fim de setembro!
  3. iPhone 6. Reconheço o quão melhor é ter um iPhone mais fino e com a tela maior. Foi a única coisa que me fez trocar o meu 5C. Por outro lado, não consigo entender quem opta por ter um 6s. E, por enquanto, não estou muito animado com o 7 também. Estou tão satisfeito com o meu iPhone 6 que será difícil me convencerem a gastar meu suado dinheirinho em um novo.
  4. MacBook Pro. Meu primeiro MacBook. Está comigo há quatro anos e ainda funciona tão bem quanto quando comprei! Não pretendo trocá-lo por alguns anos. Aguentou tudo que precisei até hoje sem problemas (com exceção de uma vez em que o cooler parou de funcionar), desde produção musical pesada até planilhas e modelos financeiros extensos. Infelizmente, o Excel para macOS não sustenta heavy users, por isso tive que instalar o Windows 10 via Bootcamp. E é como li uma vez: “a Mac is the best Windows computer out there”.
  5. iPad Air (16 GB). Está comigo desde a faculdade. Depois que descobri o app Paper by FiftyThree, deixei de carregar cadernos, folhas e estojos. É onde anoto todas as minhas ideias novas. Inclusive, Paper é um dos softwares mais bem feitos, simples, bonitos e elegantes que já usei. A identidade visual e simplicidade da FiftyThree me inspiram no meu trabalho até hoje.
  6. EarPods. Impossível viajar sem ouvir música.
  7. Kindle. Valeu cada centavo. Adoro ler no avião e sou péssimo em lembrar de pegar os livros que quero ler. Às vezes quero levar mais de uma opção e o Kindle me ajuda a não ter que encher a minha mochila. Admiro também a beleza e simplicidade do aparelho.
  8. Pencil by FiftyThree. Já testei milhares de stylus para o iPad e essa ganhou de todas. Além de ser muito mais bonita e elegante que qualquer uma que já vi, é uma das poucas (se não a única) que possui uma ponta de “borracha” que apaga naturalmente, igual um lápis de verdade. Além disso, conecta por Bluetooth e possui palm-rejection. Devo ter sido uma das primeiras pessoas que compraram no Brasil, de tanto que amo a marca! Afinal de contas, até a Apple acabou copiando o nome no fim.
O que tem na mochila do Lucas Oliveira.
Clique para ampliar.

Nota do editor: “Na mochila” é uma seção semanal do Manual do Usuário que apresenta o interior das bolsas e mochilas de leitores, colegas e amigos. Veja as outras mochilas já publicadas e mande a sua.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

31 comentários

  1. Preciso mandar minha mochila, sempre esqueço! Quero ajudar a contribuir com a sessão porque gosto muito dela.

  2. Gosto muito de messenger bags também, mas já tentei e não consegui. Não é muito ergonômica e também não é nenhum pouco prática pra quem pega transporte público em hora do rush.

    1. Uns dois anos atrás comprei na Apple Store (brasileira, online) uma bolsa da Brenthaven, para carregar o MacBook. Acho ela simples e bonita. Na época foi barata, menos de 200. Uso até hoje.

  3. Muito bonita a mala, acho messenger bags muito bonitas, mesmo as menos sofisticadas já me parecem bem melhores que as melhores “tartarugas”…mas tenho dor nas costas o que me impede de utiliza-las diariamente.

    Muito bonita a carteira, não preciso de uma no momento, mas certamente considerarei essa caso seja necessário. :)

  4. É a primeira vez que vejo um patrocinador falando sobre… =p

    Sobre mochilas: meu sonho mesmo é a Newfeel Backenger.

    1. Que doideira! Nunca tinha visto. Pessoalmente não sou muito fã de messenger bags, mas essa é bem bonita. Com a conveniência de virar mochila. Mas não consigo carregar esse tipo de bolsa sem passar a alça na transversal. Se apoio no ombro do mesmo lado em que ela vai ficar pendurada, escorrega e cai! rs…

      Pessoalmente eu tenho muita vontade de ter uma dessas aqui: https://www.setgogear.com/bags/transport

      As vezes não quero sair com mochila, mas carteira, celular, fones, chaves,(esporadicamente, bateria) e óculos de sol/de grau ficam bem desconfortáveis nos bolsos de uma bermuda. Infelizmente essa do link não é vendida no Brasil e mesmo lá fora acho bem cara.

  5. Estou pensando em trocar a mochila de notebook por uma pasta dessa lateral também. Esse estilo de vida leve menos coisas me agrada, estou tentando entrar nesse estilo de vida.

  6. Serei a pessoa que faz criticas =P

    i) Pensei que ia ser uma coisa “mais é menos” como diz o clichê, mas, o Lucas carrega Macbook, iPad e Kindle (+iPhone). Claro que cada um tem a sua necessidade, inclusive ele “explica” (e sinceramente, nem precisava, cada um faz da sua vida o que quer); mas, vender a ideia de que isso é “menos” me soou forçado pra se encaixar dentro do “target” do marketing da marca. Ainda que, visualmente, realmente seja bem clean o visual passado, muita coisa ali parece redundante para o dia-a-dia. Enfim, não comprei a ideia passada no inicio da conversa.

    ii) A carteira é bem bonita e parece ser de ótima qualidade, mas, R$170 é bem acima dos preços da Nordweg, por exemplo, que faz carteiras (e outras coisas) de ótima qualidade também (tenho uma faz un 7 anos, acho).

  7. Gosto do minimalismo. Realmente gosto. Queria muito ser assim.. mas simplesmente não dá. Olhei minha “mochila tartaruga” e pensei: “porque tão grande?”

    Peguei e entendi porque. Meu dia-a-dia pede mais coisas: garrafa de 750ml, bateria portátil, adaptador VGA (mac), magic mouse, …

    1. – Garrafa: não carrego comigo. No atual emprego eu deixo um copo (estilo aqueles de formatura) na copa. Não levo água para minha sala. Quando estou com sede, vou até a copa. Mas no emprego anterior eu carregava uma garrafinha comigo, porque os bebedouros eram um tanto distantes, mas ainda assim era uma garrafinha minúscula, de 300 ml, e que ficava lá no serviço.
      – Bateria portátil: dependendo do caso pode ser substituída pelo carregador de tomada tradicional. Ou se a bateria for parruda (qualquer smartphone com 3.000 mAh deve aguentar um dia tranquilamente) nem precisa se preocupar com isso.
      – Adaptador VGA: precisa mesmo carregar todo dia? Em geral apresentações ocorrem de forma esporádica, e com data marcada. Eu nem levo meu Mac para apresentações (sempre acabo usando o notebook de algum colega), mas se levasse, eu só levaria o adaptador VGA nos dias em que tivesse algo agendado.
      – Mouse: Estou tão acostumado ao excelente touchpad do Mac que acho irrelevante um mouse. Nem tenho um, nem mesmo pra usar em casa. Uso exclusivamente o touchpad.

      Enfim… cada um com suas necessidades! :D

      1. Fala Ed. Na boa, acho que você deveria beber mais água. De verdade. Em relação ao adaptador e ao mouse: eu sou professor e ambos são utilizados no meu dia-a-dia. Apesar do touch do Mac ser fantástico (fato!!!).

  8. Aí sim, Ghedin. Mochila com Kindle e Mac presentes = Amazon e Apple felizes com os MILHÕES que eles investem no site. haha ;)
    Gostei do fato de aparecer uma mochila carteiro na seção, pois me animou ainda mais para mandar a minha (que faz um tempão que estou enrolando para te mandar, rs). Só não concordo que mochilas “tartarugas” sejam somente para subir montanhas. E se eu quiser DESCER a Serra, por exemplo? ;P

      1. É sério isso? Tipo, eles mandaram e-mail PESSOALMENTE, ou é algo automatizado/equipe de imprensa?

  9. Adorei o minimalismo da mochila, muito mesmo!

    Ultimamente também me adaptei para carregar menos coisas, só ando com a carteira, celular e fone de ouvido nos bolsos, fichário pequeno e um kindle dentro, além de um guarda-chuva, pois vi que carregava mochila para cima e para baixo a toa.

    E sobre a carteira, curti muito, menos de um mês atrás comprei um pokt, e lá se vai uns trocados, então por hora não penso em comprar outra, mas essa com certeza entrará na minha lista de aquisição.

  10. Bela mochila! Sou adepto do”menos é mais”, mas acaba que nem mesmo laptop ou tablet eu preciso carregar. Logo, ando geralmente sem mochila.
    Todavia, com essa calor horrível de Belo Horizonte, estou andando com mochila pela garrafa dágua e pela blusa extra que fica como alternativa para quando estou muito suado.