O que tem na mochila da Juliana Iglesias.

O que tem na sua mochila, Juliana Iglesias?


13/4/15 às 9h00

Foto da Juliana Iglesias.Juliana Iglesias faz terapia com pixels em Madrid e em seu tempo livre dedica-se a ser uma louca dos gatos. Antes era psicóloga em Porto Alegre, porém há quatro anos decidiu mudar de país e de profissão. Hoje é designer de produtos digitais na Barrabés Meaning, onde passa seus dias solucionando problemas com um bloco de post-its e canetinhas.

  1. Caderno de folhas brancas da Muji. Tem uma gramatura muito boa, perfeito para usar com canetas sem manchar a parte detras da folha.
  2. Mochila da Chacha Bags (marca chilena). São muito bonitas e feitas a mão. O único problema é que não tem muitos compartimentos dentro e as coisas ficam espalhadas. Se está chovendo, em geral eu uso esta da Booq, que é impermeável e tem bolsinhos para tudo dentro.
  3. MacBook Pro de 13 polegadas. Meu companheiro de aventuras desde 2012. Antes eu usava Linux. A mudança para Mac não foi nada fácil, mas agora não me imagino sem ele.
  4. Nexus 5. A soma perfeita de qualidade e preço. Agora com o Android 5.1, ficou bem estável e as animações do Material Design dão um toque muito bacana.
  5. Óculos Ray-Ban. Desde que eu fiz o laser para corrigir a miopia tornei-me um pouco fotofobica, então tenho que levar sempre os óculos de sol comigo.
  6. Fones de ouvido Samsung. Uso os que vieram com meu Galaxy S3 velhinho. São muito confortáveis e o som se escuta bem. Também tem um mini-controle para subir/baixar o volume e trocar de música que funciona com o Spotify.
  7. Cabo USB. Nunca se sabe quando tu vai ficar sem bateria no celular!
  8. iPad mini 2 (16 GB, com Smart Cover). Antes eu usava muito o Kindle, mas como muitos dos livros técnicos têm imagens, acabei migrando totalmente para o iPad. Como é “pequeno”, é bem pratico para ler no ônibus ou tomando um café por aí. Também uso o iPad no trabalho; sincronizando com o apps Mirror e SketchApp, posso ver como fica na tela do iPad o que eu estou desenhando.
  9. Carteira. Presentinho que me deram quando fui ao meu primeiro TEDxMadrid!
  10. Estojo. Uso o estojo para guardar duas coisas: uma totebag de tecido, assim se eu passar no supermercado antes de ir para casa não preciso usar sacolas de plástico; e as chaves de casa, para não arranhar a tela do celular e da câmera.
  11. Aspirina granulado. Pode tomar sem água. Perfeito pra qualquer hora.
  12. Ticket do MetroBus. Para pegar o ônibus de todo dia.
  13. Pencil, da FiftyThree. Modelo de madeira que se conecta com o app de desenhar. Tem duas pontas, uma para fazer o traço com espessuras diferentes, e outra para apagar. A conexão funciona por Bluetooth. Uso às vezes também para escrever no iPad — mas prefiro papel.
  14. Canetas Copic Multiliner SP. Uma 0.7 e uma BS. A ponta da BS é de pincel e quando fica deformada, dá para trocar. Além disso, pode usar a tinta da própria Copic como refil, são super ergonômicas e escrevem bem. A Copic Sketch uso para colorir algumas coisas, tem duas pontas, é bem prática.
  15. Batons. Um vermelho da marca Ilia, maquiagem orgânica, com composição 85% de produtos naturais. Gosto muito desse batom porque ele vai escurecendo com as capas que tu usa, então tem vários tons num mesmo batom. E o Hello Sailor, da Lipstick Queen, que uso como hidratante.
  16. Withings Activité. Esse eu não levo na mochila, levo no pulso dia e noite. O aplicativo Health Mate combina o uso da balança e do relógio para criar gráficos sobre o meu dia a dia, que vão desde a qualidade do sono até a do ar da minha casa. Quando comprei não sabia para que eu ia usar toda essa informação, mas ver que nos dias que como muito, durmo pior ou que tem dias que eu praticamente não me mexo, é bacana para mudar hábitos ruins. Os melhores pontos: acordar com a vibração do relógio, sem barulho de despertador, atualizações automáticas e a bateria, que dura 8 meses.
  17. Câmera Panasonic GX7 (não consta na foto). Adoro ter uma câmera na bolsa, é algo que sempre levo comigo desde que comprei a minha primeira. A GX7 foi um super presente do meu marido, que levo comigo pra cima e pra baixo. É pequena e levinha (minha coluna agradece!) e entrega fotos de qualidade com pouca ou muita luz. Recomendo para os fotomaníacos!
O que tem na mochila da Juliana Iglesias.
Clique para ampliar.

Nota do editor: O Na mochila é uma seção semanal do Manual do Usuário que apresenta o que gente que admiro carrega em suas bolsas e mochilas. Acesse este link para espiar as demais.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

27 comentários

  1. @juiglesias:disqus você usava Linux antes mesmo sendo Designer?

    Sempre quis migrar para o Linux, mas o Pacote Adobe faz muita falta, mesmo com os gimps e os alternativos da vida hehehe,

  2. Fiquei fascinado nesse Withings Activité, muito bonito e inteligente. Gostei principalmente da função de despertador, por algum caso existem modelos similares que tenham essa função, e que sejam mais acessíveis?

    1. Tem varias mais baratas com essa funçao ;) uma delas é a Mi Band da Xiaomi http://www.mi.com/my/miband/
      A Withings tem a versao Pop que sao 150 dolares, é o mesmo só que com a pulseira de silicone.
      A única que nao recomendo é a Jawbone, tive uma e em 1 mes deixou de funcionar, eles me mandaram outra e deixou de funcionar em 2 semanas, no final tive que pedir o dinheiro de volta :(

      1. É uma pena que a Mi Band não chega nem perto da elegância do Withings, parece mais uma pulseira esportiva mesmo. De qualquer forma, obrigado pela sugestão, a versão Pop parece ótima. Uma dúvida, essa vibração para despertar não acaba perdendo o efeito conforme você se acostuma?

      2. É uma pena que a Mi Band não chega nem perto da elegância do Withings, parece mais uma pulseira esportiva mesmo. De qualquer forma, obrigado pela sugestão, a versão Pop parece ótima. Uma dúvida, essa vibração para despertar não acaba perdendo o efeito conforme você se acostuma?

  3. O Withings Activité é muito lindo, mesmo. De longe, o que mais me chamou atenção na mochila (ou seria no pulso?) foi ele. Caderninho, MacBook e iPad realmente são unanimidade por aqui, mas o relógio foi bastante único.

    1. Boa parte das pessoas com Mac, incluindo eu, o comprou há alguns anos, quando ele ainda tinha um preço “comprável” no Brasil, ou comprou fora a um preço menor. Com o grande aumento no preço de todos os produtos da Apple no Brasil nos últimos anos, eu nem mesmo cogito comprar outro Mac quando o meu não servir mais. Ele foi o primeiro e será o último, a menos que a Apple reveja sua política de preços e o dólar ajude, o que honestamente falando eu acho bem improvável.

    2. Eu tenho Mac porque nao moro no Brasil, se estivesse ai com certeza nao tería porque os preços sao absurdos!! E nao uso iPhone porque a maioria dos usuarios de celular usam Android ;) para “entender” ios eu uso o iPad ;) Além disso no trabalho tenho um Windows Phone para fazer testes! É a festa dos sistemas operacionais!

      1. aqui os preços são sem noção! é impossível. meu último apple foi um iphone 4s. Depois, não tinha mais como com os preços praticados. Nem tendo pós pago de operadora ajuda. Macbook, é muito acima do razoável também. Hoje tenho um ultrabook asus mid 2013 (dual boot) e um xiaomi 1s. Me atendem bem. Só não usei windows phone ainda pq não me chama muita atenção.

  4. O mais legal é o relógio, bonito e tem funcionalidades “além”.

    Mac e Android é o que eu uso. Mas com o proibitivo preço dos produtos da Apple, provavelmente em breve volto pro PC + Android. Só vai restar o iPad 2 mesmo (que tá se indo tbm).

      1. Estranho é um profissional do design que nao use android, ja que é o que a maioria da gente usa! Pra entender teu usuario, tem que pensar como ele ;)

        1. Pra tu ver… A imagem que eu tinha era que “todos” usavam Macs. Pelo menos é isso que normalmente se ve por ai.