O que tem na mochila do Jean Prado.

O que tem na sua mochila, Jean Prado?


20/2/17 às 9h54

Pós-graduação Inatel. Fundado em 1965, o Inatel (Instituto Nacional de Telecomunicações) é um centro de excelência em ensino e pesquisa nas áreas de Engenharia e Tecnologia. Conheça nossos cursos de Pós-Graduação.

Oferecimento

Foto do Jean Prado.

Jean Prado tem 19 anos, é paulistano, mas mora há alguns anos em Bauru para cursar Jornalismo na Unesp. Escreve sobre tecnologia no Tecnoblog. Recentemente esteve em Victória (Canadá) para um intercâmbio na University of Victoria em cursos que incluem ciência política e tecnologia & sociedade. Encontre-o no Twitter em @jeangprado e no LinkedIn.

  1. MacBook Pro (2015) de 13”. Comprei há cerca de dois meses e não fico longe dele. É super portátil, a tela é incrível e a bateria dura demais. Só me arrependi de não ter pego a versão com 16 GB de RAM (é melhor a longo prazo), mas a de 8 GB não faz feio — pelo contrário, dá e sobra para o meu uso. Ah, e esse acabamento diferenciado é por causa da skin dbrand, cor de concreto. Além de “proteger” contra riscos, deixa a tampa bem mais bonita.
  2. Carregadores. Ao lado da câmera, fica o plug do meu smartphone antigo com o carregador do Jaybird X3 (com a base branca) e um pequeno cabo para carregar a Anker quando preciso. Acima do HD, fica o carregador original do iPhone ― sem sinais de fragilidade até agora.
  3. Kindle Paperwhite. Leve e portátil, prefiro o modelo com iluminação para ler no escuro. Estaria mentindo se dissesse que uso todos os dias (sequer toda semana!), mas deixo por perto caso precise de uma boa leitura para passar o tempo. Quem sabe eu não tomo vergonha e volto a ler regularmente, né?
  4. Google Cardboard. Comprei (por US$ 10!) pra ver como é e volta e meia carrego por aí para mostrar para alguns amigos. É bem divertido! Meu antigo smartphone, um Moto X (2014), fica lá dentro com o app de VR, já que tem mais resolução que o iPhone e a tela é maior. No Cardboard, isso faz diferença; na minha mão, nem tanto.
  5. Canon Rebel SL1 (100D). Sempre quis uma DSLR e depois de pesquisar muito acabei indo com a SL1. Ela é meio que um intermediário entre a T5 e a T5i, e é uma das menores (e mais leves) DSLRs da Canon. Gosto da praticidade de uma câmera pequena, mas sem abrir mão do acervo de lentes da Canon e de fotos com boa qualidade. Na foto não dá pra perceber tanto, já que a lente de 18-55 mm está acoplada, mas ela é bem pequena com uma lente pancake, por exemplo. Para não engasgar na gravação de vídeos, equipo ela com um cartão de 32 GB classe 10 da Lexar.
  6. Bateria externa Anker PowerCore de 10 mil mAh. Não podia estar mais satisfeito! Dá cerca de 4 cargas no iPhone, não preciso me preocupar em carregá-la toda hora e ela é super leve e portátil. Me arrependi de não ter trazido algum outro modelo.
  7. Cabo Lightning extra. Junto com a Anker, comprei um cabo Lightning deles, por conta da fama do Lightning que vem com o iPhone ser super frágil. Como já tenho o original da Apple, deixo ele enrolado dentro da bolsinha da bateria externa para mais comodidade quando precisar carregar.
  8. HD externo. Na real, é um HD interno, mas em uma case USB 3.0 que transforma ele em HD interno. Como era um de 2,5”, ficou com um tamanho super legal. A case é portátil e consigo abri-la sem fazer muito esforço. Costumo deixar alguns arquivos mais pesados, como fotos da câmera, séries, shows e filmes por lá, já que o MacBook tem só 128 GB de armazenamento.
  9. Fones de ouvido Jaybird X3. Já que eu tenho um smartphone sem a entrada para fones de ouvido de 3,5 mm, resolvi conviver com um fone Bluetooth. Só tenho elogios ao Jaybird: o acabamento é de primeira, a borracha é super confortável e ele dificilmente cai do meu ouvido. O fio é super resistente e a bateria é ótima! Como não sou um audiófilo, o som é excelente e não deixa a desenhar. Ah, por pouco que eu não consigo um lá no Canadá. Apareceu em uma Best Buy perto de onde eu estava, mas de resto, tudo esgotado ― até no site da própria Jaybird.
  10. iPhone 7. Não está na foto (foi o que fez a foto). Usuário de Android desde 2010, resolvi mergulhar de cabeça no iOS e até agora estou adorando. Que celular rápido. E que câmera! Equipado com uma case transparente da Spigen e uma película de vidro da mesma marca. Não sei se sou só eu, mas prefiro usar o iPhone 7 com case a usá-lo sem nada — a pegada fica bem melhor. É estranho dizer que o meu celular tem a mesma quantidade de armazenamento (128 GB) que meu computador?
O que tem na mochila do Jean Prado.
Clique para ampliar.

Nota do editor: “Na mochila” é uma seção semanal do Manual do Usuário que apresenta o interior das bolsas e mochilas de leitores, colegas e amigos. Veja as outras mochilas já publicadas e mande a sua.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês