Apps do Android no Galaxy S7 edge.

Os melhores apps para Android (julho de 2016)


12/8/16 às 8h29

Todo mês o Manual do Usuário lista os melhores apps para as plataformas mais populares. Você está na do Android — não deixe de conferir, também, a lista da Apple (iOS e macOS) e as dos meses anteriores.

Faltou algum app aí embaixo? Avise nos comentários. E se descobrir algum legal no decorrer do mês, não se esqueça de mandá-lo para cá.


CTRL-F

Print do CTRL-F para Android.

4,5 ★
Grátis

Baixar

O sonho do Ctrl + F para a vida real, finalmente! O CTRL-F usa a câmera do seu dispositivo Android para digitalizar e viabilizar pesquisas por palavras em documentos de papel. Simples como deve ser, com suporte a mais de 50 idiomas.

Outro recurso legal é que o app exporta as páginas analisadas para PDF. Outros apps já fazem isso, mas a maioria cobra — o CTRL-F é totalmente gratuito e não exibe anúncio.


Ello

Print do Ello para Android.

3,8 ★
Grátis

Baixar

Sim, o Ello vive. A rede social que despontou ano passado e foi injustamente alçada à condição de destruidora do Facebook ainda existe e, baixada a poeira do seu badalado lançamento, ela parece ter se descoberto nas artes e encontrado um público nos criativos e ativistas que priorizam a privacidade.

O app é bem parecido com o que já existia no iOS e… bem, como quase toda rede social, é um feed infinito com as postagens das pessoas que você segue, além de permitir a postagem de fotos e outros conteúdos. O Ello não exibe anúncios, o que é um detalhe sempre digno de nota.


Flow

Print do Flow para Android.

N/A ★
Grátis

Baixar

Desenvolvido pela Microsoft e ainda em beta, a melhor forma de explicar o Flow é comparando-o a outro app, o IFTTT. A maior diferença entre eles, porém, é o ambiente a que se destina: enquanto o IFTTT é mais versátil, encaixando-se na vida pessoal e no trabalho, a Microsoft criou o Flow para ser usado no ambiente profissional. Isso fica evidente pelas integrações com o Office, SharePoint e Slack, além de outros apps do tipo.

O Flow avisa o administrador quando alguma rotina falha, oferece relatórios e um botão para desativá-las quando quiser. Ele deve facilitar bastante a vida de equipes que precisam estar alinhadas, automatizando avisos, atualizações e fluxos de trabalho. Como é beta, problemas podem ocorrer, então muita cautela caso já queira usá-lo na sua rotina.


Isotope

Print do Isotope para Android.

4,4 ★
Grátis (com compra in-app)

Baixar

Quem precisa consultar os elementos da tabela periódica e suas características tem no Isotope uma forma fácil e bastante agradável de fazê-lo.

O app apresenta a tabela e formas de encontrar qualquer elemento, pelo nome ou símbolo, através da pesquisa. Ele contém imagens de alta qualidade em mais de 70% dos elementos e traz informações detalhadas de cada um deles — embora esse recurso esteja atrelado a uma compra in-app de R$ 2,99.


Notebook

Print do Notebook para Android.

4,4 ★
Grátis

Baixar

Acertando no timing, a Zoho, que há anos oferece serviços de produtividade na nuvem, lançou o Notebook, um app de notas sincronizado na nuvem (com versões também para iOS e web) justamente quando o Evernote implementou mudanças ruins no plano básico/gratuito. Pelo que o Notebook entrega, talvez nem fosse necessário esse timing para que ele se destacasse.

O Notebook permite escrever anotações, criar listas de tarefas, gravar áudio e tirar fotos. Os itens podem ser empilhados ou reunidos num caderno, facilitando a organização. A interface é bem direta e intuitiva, contando com gestos para navegação e o uso de cores para permitir a identificação rápida de notas e cadernos específicos. Há uma busca e compartilhamento de notas. Ah, e é grátis.


Prisma

Print do Prisma para Android.

4,1 ★
Grátis

Baixar

App sensação de julho, o Prisma é mais um que aplica filtros a fotos. Mas há um diferencial interessante: os filtros são baseados em movimentos artísticos e grandes pintores e, com a ajuda de aprendizagem de máquina, são aplicados profundamente nas imagens com resultados quase sempre surpreendentes.

E da mesma forma que outros apps do gênero fazem, o Prisma também facilita bastante o compartilhamento das artes criadas em outras redes sociais.


QuintoAndar

Print do QuintoAndar para Android.

4,7 ★
Grátis

Baixar

O app da startup brasileira QuintoAndar permite procurar casas e apartamentos para alugar. Até aqui, nada exatamente novo. A grande diferença é que o serviço faz mais do que imobiliárias fazem pelo inquilino. O QuintoAndar cuida de toda a burocracia e garante o pagamento do aluguel ao proprietário, mesmo que o inquilino atrase. Ao inquilino, a grande vantagem é a dispensa do seguro-fiança/fiador, o que dificulta a vida de muita gente na hora de fechar negócio. Pelo app também são agendadas as visitas e é feito o fechamento do negócio.

Existem ainda outros dois apps: um para para proprietários de imóveis e outro de indicações — o QuintoAndar paga R$ 25 + 10% do primeiro aluguel para quem dizer uma indicação bem sucedida para juntar inquilino e proprietário.

Por ora, o QuintoAndar só funciona nas cidades de São Paulo e Campinas.


VOLO

Print do VOLO para Android.

4,2 ★
Grátis

Baixar

Cheio de recursos para ajudá-lo a contar histórias, o VOLO foca em um tipo bem específico, porém: viagens. Ele se apresenta como uma espécie de diário de viagem, permite escrever diários com outra pessoa, armazená-los offline ou compartilhá-los com o mundo, e tem um visual bem bacana.

Fiquei um pouco incomodado com a abordagem do vídeo promocional, como se as curtidas no Facebook fossem a recompensa por uma viagem bem documentada, mas os benefícios do diário parecem valer esse fim esquisito que os desenvolvedores deslumbram para o processo que o app permite.


Vysor

Print do Vysor para Android.

4 ★
Grátis

Baixar

O Vysor permite espelhar a tela do smartphone Android em um Mac ou computador com Windows. É preciso manter o smartphone conectado por cabo USB, porém. Caso precise de ajuda remotamente, o app permite esse acesso.

Para desenvolvedores, é uma boa para testar apps com um dispositivo real em vez de emuladores. Outra vantagem é a possibilidade de configurar fazendas de dispositivos para testar apps em vários deles de uma só vez.

A instalação exige alguns passos extras e incomuns, como habilitar o modo USB debugging e, no caso do Windows, instalar os drivers ABD. Na descrição do app há um pequeno tutorial sobre como proceder.


Wikimedia Commons

Print do Wikimedia Commons para Android.

4,3 ★
Grátis

Baixar

Este é um app diferente. Em vez de entregar, ele pede para que o usuário mande coisas — no caso, fotos com direito de uso livre. É um app da Wikimedia Foundation, que cuida da Wikipédia.

O Wikimedia Commons facilita o envio de fotos de locais, monumentos, celebridades e eventos das quais o autor abre mão dos royalties em troca de algo maior. (Quem produz conteúdo e precisa de imagens para ilustrar ou situar o leitor sabe a dificuldade que é consegui-las.) É um gesto altruísta e o crédito, ou seja, seu nome é mantido em toda reutilização do trabalho.

A fundação pede que as fotos enviadas tenham marcas de geolocalização ativadas, para facilitar a catalogação, e que o usuário preencha corretamente as categorias e outros meta dados durante o processo de envio.


Alguns avisos:

  • Os apps acima não foram todos testados pelo Manual do Usuário. A lista é composta por apps de destaque, lançados no mês correspondente, que apareceram em outros sites ou foram comunicados pelos leitores;
  • Os apps são listados por ordem alfabética;
  • As notas (estrelas) vão de 0 (zero) a 5 (cinco) e são obtidas das respectivas lojas da plataforma, na data da publicação deste post;
  • Alguns links são comissionados, ou seja, compras realizadas por eles rendem uma pequena comissão ao Manual, sem alterar o preço final ao leitor/consumidor.

Foto do topo: Răzvan Băltărețu/Flickr.

Cadê os anúncios?

O Manual do Usuário é um projeto independente, que se propõe crítico e que respeita a sua privacidade — não há scripts de monitoramento ou publicidade programática neste site. Tudo isso sem fechar o conteúdo para pagantes. Essas características são vitais para o bom jornalismo que se tenta fazer aqui.

A viabilidade do negócio depende de algumas frentes de receita, todas calcadas na transparência e no respeito absoluto a você, leitor(a). A mais importante é a do financiamento coletivo, em que leitores interessados sustentam diretamente a operação. A assinatura custa a partir de R$ 5 por mês — ou R$ 9/mês para receber recompensas exclusivas:

Assine no Catarse

Newsletter

Toda sexta-feira, um resumo do noticiário de tecnologia, indicações de leitura e curiosidades direto no seu e-mail, grátis:


Nas redes sociais, notícias o dia todo:
Twitter // Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 comentários

  1. Boa lista… De cara já baixei os três primeiros.

    Ghedin, que tal um post sobre o Evernote e suas alternativas?

    1. Com o bloqueio do Evernote na rede do meu trabalho e com mais limitações no plano gratuito, migrei para o OneNote e estou gostando.

        1. O bloqueio é para evitar que dados de trabalho vão para a nuvem, há algumas regras de segurança.
          Soube de uma empresa em São Paulo que os funcionários precisam guardar o smartphone em um armário longe do local de trabalho.

          1. Ah tá, entendi.
            Mas eu pensava que o contrato/acordo/termo de confidencialidade já serviria para isso.
            Não sei se eu trabalharia numa empresa que possui uma gerência que é incapaz de controlar os funcionários nesse sentido (precisando tomar medidas desse tipo).
            Daqui a pouco, eles vão colocar neuralizer (aquele aparelhinho dos homens de preto) no ponto, pra fazer os funcionários esquecerem tudo quando terminar o expediente.

      1. Já usei o OneNote, logo assim que ele saiu. Também era legal, mas na minha opinião o Evernote tem mais opções e mais funções hoje.