Árvore de Natal tradicional da Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio.

Guia de presentes pé no chão para o Natal


2/12/15 às 9h06

Comprar presente para quem amamos é legal e tudo mais, mas pode ser uma tarefa complicada. Algumas publicações tentam dar uma mão com guias de presentes. O que sempre me incomoda nesses guias é o fato da maioria ser meio descolada da realidade, recheada de produtos caríssimos — quem compra um smartphone de última geração para… sei lá, aquela tia que saiu no amigo secreto? Disso surgiu o guia de presentes pé no chão do Manual do Usuário, uma lista de presentes legais e relativamente baratos.

É a segunda edição da lista, e, para justificá-la e mantê-la útil, passei um pente fino na do ano passado e acrescentei sugestões que ganharam corpo ao longo de 2015. A anterior, aliás, continua valendo; um ou outro item sumiu das prateleiras, mas as sugestões em si seguem válidas. Somando-a a esta, com outros 10 itens, ficará mais fácil encontrar o presente certo para todos os seus entes e amigos queridos. E como ainda temos quase um mês inteiro para a chegada do Papai Noel, dá tempo tranquilo de comprar via Internet e receber tudo antes do Natal.

Considerei a média do varejo e, em alguns casos excepcionais, promoções que ainda estão rolando. A lista não tem qualquer tipo de ordem que faça algum sentido.

1. Caixa de som Bluetooth

Caixa de som Bluetooth da Aquarius: baratinha.

Não é a melhor caixinha de som Bluetooth do mercado (o volume é baixo e o detalhamento da sonzeira, idem), mas para deixar na cozinha ou acompanhar a cantoria embaixo do chuveiro, esta da Aquarius quebra o galho. Ela tem uma ventosa para fixação, é à prova d’água e está disponível em quatro cores — branco, preto, azul ou vermelho. O melhor: é baratinha, custa só R$ 39. Atualização (13h): Coincidindo com a publicação deste guia, o Submarino elevou o preço da caixinha da Aquarius para R$ 69. Deve ser temporário — quase sempre ela está em promoção –, então vale a pena fazer o #escolhiesperar até que a promoção volte. Atualização (19h30): Já voltou a custar R$ 39…

Caso queira algo mais sofisticado, a próxima em valor é a Logitech X100. Ela não é à prova d’água, não tem sistema de fixação e é mais cara (~R$ 180), mas o visual é mais bonito e, o mais importante, a qualidade do áudio é bem superior.

2. Edições especiais de livros

“Ah, mas todo mundo lê no Kindle hoje.” Ah, mas aí que você se engana. Além do livro de papel ainda ser bastante requisitado, as editoras têm investido em edições especiais de alguns títulos de maior demanda, com acabamento e projeto gráfico acima da média.

É preciso conhecer um pouco do gosto de quem será presenteado. De qualquer forma, o mercado editorial tem uma boa oferta de livros especiais. Para quem é afeito por ficção, por exemplo, algumas indicações legais são a edição comemorativa de 30 anos de Neuromancer, de William Gibson, e a de 50 anos de Laranja Mecânica, do Anthony Burgess.

Boxes também podem ser uma boa, como o de Fundação, de Asimov, ou Sherlock Holmes: A Obra Completa, de Arthur Conan Doyle. O Estadão tem uma boa lista de livros que tiveram desconto na Black Friday e que, mesmo sem, funcionam como boas opções de presente — se As Correções do Jonathan Franzen, o único dali que já li, for indicativo, é uma lista de primeira. E se a grana estiver curta, tem best sellers a partir de R$ 9,90.

3. Star Wars

Em breve o novo filme de Star Wars estreará nos cinemas, mas a inundação de produtos do universo criado por George Lucas já começou há meses. Para quem é fã e para quem tem amigos que são fãs da franquia, é um presente fácil, já que a variedade de produtos com a marca Star Wars é absurdamente grande. Dos filmes, claro, com destaque para o box em Blu-ray com as duas trilogias, aos diversos livros, passando pelo novo jogo Star Wars: Battlefront (Xbox One, PlayStation 4), action figures, LEGO objetos de decoração.

4. Roupas básicas

O que escrevi ano passado continua valendo: comprar roupa para dar de presente é complicado, mas com roupas básicas é difícil errar. Além da básico.com, dica dada em 2014 e que merece o repeteco por aqui, algumas lojas do varejo vendem linhas básicas de marcas, como a Luk; e outras, como a C&A, têm diversas listas de presentes com limites de preço.

5. Cervejas especiais

Existe sempre o risco de parecer pedante, mas nos últimos anos o mercado de cervejas especiais floresceu no Brasil, arrebatando muitos adeptos que, em vez de encher a cara com litrão de R$ 6, preferem tomar, embora em menor quantidade, produtos de qualidade maior.

Cidades de porte médio têm lojas especializadas e até produção local, e para quem quer economizar ou procura maior diversidade, já existem algumas online, como a Clube do Malte, de Curitiba. Além do catálogo com mais de 500 cervejas, ela também tem um clube de assinatura (paga-se um valor fixo por mês em troca de seleções especiais de cerveja) e pacotes temáticos, que podem ser uma boa para presentear.

6. Kindle básico

Kindle Touch sobre vários livros de papel.

Sempre uma boa pedida, especialmente com desconto. O da Black Friday, que derrubou o preço para R$ 169, foi maior que o do Natal do ano passado. Ainda não se sabe se a Amazon fará outra promoção até o fim do ano, mas mesmo com preço cheio é difícil errar com o Kindle. O e-reader junta a praticidade do digital com o conforto de se ler num suporte que não emite luz. Some a isso o acervo monstruoso da Amazon e seu ecossistema, com apps para smartphones, tablets e na web, e é um presente certo para quem gosta de ler.

7. Acessórios para smartphone

Antigamente isso era bem restrito. Mas hoje? Todo mundo tem smartphone. As opções são variadas e vão de uma bateria externa, sempre útil nos momentos de aperto, a um par de fones de ouvido — mesmo alguns baratos, como este da Philips e este da Samsung, já são um progresso perto dos que acompanham smartphones intermediários e de entrada. Se a pessoa usa capinha no celular, uma de boa qualidade pode ser um ótimo presente.

8. Jogos de tabuleiro

Mulheres jogando Catan.
Foto: sidkid/Flickr.

Talvez o que lhe ocorra, ao ler “jogo de tabuleiro”, seja Banco Imobiliário e Detetive, mas existe uma cena forte de jogos mais elaborados, mais rápidos e divertidos. Colonizadores de Catan, Puerto Rico e Ticket to Ride costumam ser indicações recorrentes dos já iniciados àqueles que estão pensando em enveredar por esse universo. (Aliás, recentemente rolou um papo esclarecedor sobre esses jogos num post livre.) Apesar da maioria deles estar disponível apenas em inglês e não ser vendida no Brasil, pelo menos temos opções suficientes para um bom começo.

9. Vale-presentes e software

Com Netflix, Steam e Spotify estabelecidos no Brasil, pagar por conteúdo digital que “não dá para pegar” deixou de causar estranheza. Por que, então, não dar vales-presente desses serviços?

O Spotify não oferece vales-presente no Brasil, mas Steam e Netflix, sim. No caso da Netflix, só em lojas físicas; mesmo caso do Google, que recentemente passou a oferecer recarga de créditos da Play Store via máquinas de crédito para celular. A Microsoft também vende crédito para seus serviços de conteúdo, e dá para comprar online.

Caso o presenteado seja alguém produtivo ou esteja na universidade, um ano de Office 365 Personal pode vir a calhar. (Eu ganhei uns apps para Mac, de aniversário, e fiquei bem feliz.)

10. Canecas

Caneca do Mapa do Maroto, de Harry Potter.

A maioria bebe café ou chá, e, convenhamos: ninguém deveria consumir essas bebidas naquele bom e velho copo americano. Uma caneca de cerâmica é o ideal — além de mais bonita, a asa evita o incômodo de pegar o copo quente. Não bastasse serem úteis, há uma infinidade de canecas temáticas, para todos os gostos e estilos, e algumas até com efeitos especiais, como a do Mapa do Maroto, de Harry Potter. Lojas tradicionais têm seções dedicadas a canecas e há lojas especializadas nisso, como a Loucos por canecas.


Tem alguma outra boa sugestão aí? Conte nos comentários!

Revisão por Guilherme Teixeira.
Foto do topo: Guto Costa/Fotos Públicas.

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

31 comentários

  1. Ghedin, bem que você poderia colocar o link para abrir em outra guia no navegador em vez de abrir na mesma pagina, é ruim sair do site e ter que ficar voltando (apesar que sempre volta para o mesmo lugar!!). E é só uma sugestão porque curto muito o site!!!

    1. Valeu pela sugestão! Acho que em 2016 mudarei esse esquema — eu prefiro assim, do jeito que está, pois me dá a opção de abrir na mesma aba ou em outra, mas já notei que sou minoria :)

    1. É, essas promoções vêm e vão… Daqui a pouco o Submarino e as outras lojas inventam algum critério maluco para derrubar o preço dos mesmos livros que estavam nessa aí.

  2. Para iniciantes nos jogos de tabuleiros modernos tbm recomendo os seguintes jogos (todos lançados aqui em português):

    Dixit (festa), King of Tokyo (festa), Coup (com Blefe), Supernova (p/2 e +estratégico) e principalmente “7 Wonders” (p/ até 7 pessoas e +estratégico). E de jogos cooperativos tem: Hanabi (cartas), Flashpoint e Ilha Proibida.

    Além disso, se quiser se aprofundar, comprar usados (alguns estão esgotados) e/ou ficar atento aos lançamentos (2016 vem muita coisa boa), vale a pena conhecer o principal portal nacional sobre assunto: http://www.ludopedia.com.br

  3. Para iniciantes nos jogos de tabuleiros modernos tbm recomendo os seguintes jogos (todos lançados aqui em português):

    Dixit (festa), King of Tokyo (festa), Coup (com Blefe), Supernova (p/2 e +estratégico) e principalmente “7 Wonders” (p/ até 7 pessoas e +estratégico). E de jogos cooperativos tem: Hanabi (cartas), Flashpoint e Ilha Proibida.

    Além disso, se quiser se aprofundar, comprar usados (alguns estão esgotados) e/ou ficar atento aos lançamentos (2016 vem muita coisa boa), vale a pena conhecer o principal portal nacional sobre assunto: http://www.ludopedia.com.br

  4. Comprei a caixinha da Aquarius pra mim (infelizmente antes deste post, então não deixei comissão pro MdU :/) e estou torcendo pro som ser pelo menos decente e pra ventosa funcionar. Vou usar principalmente no carro, cujo som não funciona.

  5. Brasil bate R$ 3bi (+ de USD 1bi) de gastos em e-commerce entre black friday e segunda…
    Ó, crise cruel…

  6. Só queria lembrar a todos de comprarem (se possível é claro) presentes em lojas da sua cidade, é uma ótima forma de incentivar o comércio local e valorizar os amigos.

      1. Eu tambem, porem de familia não da para se esperar muito né, ou é aquela coisa muito basica, ou quando eles tentam mudar é algo muito espalhafatoso e estranho no quesito vestimentas(?).

      1. Bem isso. Provavelmente deram uma subida na pós-Black Friday para, daqui a pouco, baixar de novo com a desculpa do Natal.

        Aliás, por R$ 69 eu pensaria duas vezes… Está para sair um review dela, mas adianto que é fraquinha, ainda que compense por R$ 39.

        1. Interessante notar a diferença de preço entre o modelo barato (da Aquarius) do modelo “próximo em valor”.

          Considerando a minha experiência com acessórios, nunca mais compro o mais barato, sempre vou em algo de marca mais confiável. Nesses casos, o barato costuma sair caro.

  7. Para cervejas, indico o Empório da Cerveja (loja B2W) porque tem sempre desconto. Ao que parece, lá só trabalha com AB InBev. De qualquer forma, a sugestão é a Leffe Radieuse. Ta sempre em promoção pague 2 leve 3 ou até de 50%.

    Além de canecas, pode se dar aqueles kits de cerveja que já incluem um copo específico.

    E quanto a livros, é bom ficar de olho na Cosac Naify. Infelizmente encerrarão as atividades, então talvez role descontos agressivos.

    1. Vim pra comentar justamente sobre o empório, essas promoções de leve 3 pague 2 são realmente boas. Minha dica são os packs de Franziskaner Dunkel e o 12-pack de Serramalte.

    2. Sugiro o beerkingstore.com.br. Não costumo comprar cervejas a varejo, mas o clube deles é excelente!