Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

Remova trechos de silêncio de vídeos automaticamente com o Auto-Editor

Se você faz vídeos e os edita — para redes sociais, treinamentos, aulas ou qualquer outro motivo —, deve detestar a parte de remover os momentos de silêncio deles. É fácil, mas demorado. E se existisse uma ferramenta para fazer esse trabalho braçal automaticamente?

Ela existe! O Auto-Editor é um aplicativo em linha de comando gratuito e de código aberto que automatiza esse trabalho.

A parte mais complicada é instalá-lo. Primeiro, é preciso instalar o Python, um procedimento que varia de acordo com o seu sistema operacional — em alguns, ele já vem pré-instalado. Depois, instale o Auto-Editor escrevendo esta linha no Terminal:

pip install auto-editor

Se tudo correr bem, você terá um novo comando ali, o auto-editor. Usá-lo nas configurações padrões é super simples, basta indicar o arquivo de vídeo original, assim:

auto-editor arquivo.mp4

Ao finalizar o trabalho, o Auto-Editor gerará um novo arquivo (ou seja, ele preserva o original) com os silêncios removidos.

Existem vários argumentos para alterar e refinar os critérios da remoção de silêncios e outros aspectos da execução da tarefa. Você pode ler uma descrição deles com este comando:

auto-editor --help

Por aqui, uso sempre dois: --no-open, que diz ao Auto-Editor para não abrir o vídeo recém-criado ao finalizar a tarefa, e --my-ffmpeg, que recorre ao ffmpeg já instalado no sistema.

Outro argumento legal é o de exportação para editores de vídeos — --export [opção]. O Auto-Editor é compatível com Adobe Premiere, Final Cut Pro, Shotcut e alguns formatos genéricos, como *.json.

Só um detalhe: aqui, pelo menos, os vídeos gerados pelo Auto-Editor saem todos de ponta cabeça. Nada muito problemático, pois qualquer editor simples, até o iMovie, consegue girá-lo à posição correta sem dificuldade.

“Ai que difícil, não quero usar o Terminal!” Existem aplicativos pagos com interface gráfica para esse fim, como o Recut (pagamento único de US$ 99) e o Jumpcutter (US$ 5,99 por mês).

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

1 comentário

  1. Eu uso o AutoCut que é uma extensão no premiere. Prefiro assim, pq já corta direto na timeline, então qualquer modificação fica fácil.
    Mas não é de graça.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário