Notícias

Anatel publica norma para reduzir custo de ligações entre operadoras distintas

Da Anatel:

Quanto às reduções esperadas, até 2019 a VU-M deverá reduzir-se em mais de 90%, quando atingirá um valor médio em torno de R$ 0,02 (dois centavos de real). Hoje o valor médio de VU-M está em torno de R$ 0,23 (vinte e três centavos de real). Esta redução de preços de interconexão deverá se refletir nos preços dos serviços de telefonia ofertados pelas empresas ao consumidor, pois haverá aumento da competição no setor. Também são esperadas reduções significativas nas tarifas fixas (TUs) e valores de EILD.

As reduções nos valores de interconexão deverão impactar, também, os preços das chamadas fixo-móvel, que deverão reduzir-se substancialmente.

A orientação a custos dos valores e tarifas de interconexão é importante, ainda, para diminuir o chamado “efeito clube”. Com valores de interconexão altos, as chamadas para outras operadoras acabam se tornando caras. Assim, parentes ou amigos precisam ter o chip de uma mesma operadora para aproveitar os preços reduzidos de chamadas on-net.

Com a medida, espera-se que os preços off-net (para telefones fora da operadora de origem) se tornem mais próximos dos preços on-net. Assim, o consumidor não precisará de vários aparelhos celulares ou vários chips em um mesmo celular para realizar chamadas para outras operadoras a preços mais próximos às chamadas on-net.

A nova norma publicada pela Anatel deve tornar apps como o Operadora DDD, que acabei de citar, desnecessários. O “efeito clube” ao qual a agência se refere guia o mercado de telefonia móvel no país. É graças a ele que por aqui se proliferam celulares dual SIM e que algumas operadoras mantêm suas posições — mesmo com infraestrutura pior em dada região, há resistência entre as pessoas em mudar e, nessa, acabar pagando caro para manter contato com amigos e parentes.

A única coisa complicada é o prazo de cinco anos para que a redução se complete. Talvez em 2019 não estejamos mais tão preocupados em falar ao telefone, ou então, mais provável, que a Internet móvel vire uma uma via acessível ao VoIP. Para SMS o WhatsApp já faz esse papel.

A melhor maneira de acompanhar o site é a newsletter gratuita (toda quinta-feira, cancele quando quiser):

Acompanhe também nas redes sociais:

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 comentários

      1. Bom, acredito que o contraste entre letra e fundo.
        Acho que ibagens falam por si só:
        https://www.dropbox.com/s/3fkh8aaazuztbaf/Captura%20de%20tela%202014-07-09%2011.42.17.png
        https://www.dropbox.com/s/rtb9lhns3w1kimc/Captura%20de%20tela%202014-07-09%2011.42.26.png

        Antigamente eu nem precisa do Clearly para ter uma boa experência de leitura. Acredito que as mudanças recentes, pelo menos para mim, não foram tão benéficas.
        Volto a usar o Clearly… de uma olhada o que eu diria ser o “ideal” para leitura no desktop:
        https://www.dropbox.com/s/rtb9lhns3w1kimc/Captura%20de%20tela%202014-07-09%2011.42.26.png
        https://www.dropbox.com/s/gycjoxpuntia4cg/Captura%20de%20tela%202014-07-09%2011.42.55.png

        1. A renderização de fontes do Chrome é uma lástima mesmo; no Android e iOS o site fica tão bonito (e legível)! Mas não sei… não me parece tão a ponto de precisar da Clearly. Eu gosto dessa fonte mais fina, me parece mais bonita que a versão encorpada da Source Sans Pro que estava usando antes.

          1. De fato no Android e iOS a visualização é muito boa. Até no Firefox, desktop, fica um pouco mais legível que no Chrome, mas ainda prefiro fontes menos “finas”.
            Enfim, fica aí uma reclamação de um leitor. Quando você colecionar mais pedidos talvez mude… ou não.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!