A ameaça do super banco de dados do governo federal; as empresas do Ocidente que cedem à censura da China

No podcast de hoje, Rodrigo Ghedin, Guilherme Tagiaroli e Alessandro Feitosa Jr. conversam com Yasorada Córdova, especialista em governo digital e participação cidadã, sobre o Cadastro Base do Cidadão, um super banco de dados criado via decreto pelo presidente Jair Bolsonaro. No segundo bloco, o assunto é a China e as concessões indigestas que empresas ocidentais com negócios lá, como Apple e Blizzard, fizeram nas últimas semanas para não irritar o governo chinês.

Mande o seu recado para o podcast! Pode ser pelo e-mail podcast@manualdousuario.net ou enviando um áudio no Telegram para @ghedin.

Continue lendo “A ameaça do super banco de dados do governo federal; as empresas do Ocidente que cedem à censura da China”

Como o jogo mais popular do Brasil caiu nas graças do povo

No final de julho, centenas de milhares de brasileiros se ligaram no YouTube para assistir a uma mesma transmissão ao vivo na plataforma. Em dado momento, quase 800 mil pessoas acompanhavam, simultaneamente, a grande final de um campeonato de Free Fire, uma das maiores audiências da história da plataforma no Brasil, superior à de jogos de futebol badalados como a partida entre Corinthians e Racing pela Copa Sul-americana, que juntou 438 mil espectadores simultâneos no início do ano. Free Fire é um joguinho de celular.

Continue lendo “Como o jogo mais popular do Brasil caiu nas graças do povo”

Amazon lança seu aparato de vigilância doméstica em massa no Brasil

Se você sempre quis colocar microfones super sensíveis e sempre ativos de uma mega corporação estrangeira dentro da sua casa, tenho uma boa notícia: a Amazon lançou nesta quinta-feira (3) a Alexa em português do Brasil e, junto com ela, colocou em pré-venda no país seus alto-falantes com microfones da linha Echo.

Continue lendo “Amazon lança seu aparato de vigilância doméstica em massa no Brasil”

O hambúrguer vegano com gosto de carne; em busca dos desbancarizados brasileiros

Neste Guia Prático, eu (Rodrigo Ghedin), Guilherme Tagiaroli e Giovanni Santa Rosa falamos sobre os hambúrgueres high-tech que, sendo veganos, tentam simular o sabor, aroma e até a aparência dos tradicionais, feitos com carne bovina. São mesmo parecidos? Fazem bem à saúde? Quais as vantagens — se é que existem?

No segundo bloco, falamos dos desbancarizados brasileiros. Estimativas apontam que 45 milhões de pessoas ainda lidam apenas com dinheiro em papel, privados das facilidades e oportunidades que o sistema bancário oferecem — por mais detestável que os bancos sejam. O que explica essa resistência? Faz sentido, em pleno 2019, ficar à margem do sistema?

Continue lendo “O hambúrguer vegano com gosto de carne; em busca dos desbancarizados brasileiros”

O bloqueio do Mega e o futuro do DNS

O site de armazenamento de arquivos Mega (mega.nz) está inacessível para clientes das operadoras Claro, Vivo, Oi e Algar Telecom por força de uma tutela de urgência deferida pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. (Curiosamente, a TIM não é citada.) Não é possível saber detalhes do processo, como quem pediu o bloqueio, porque ele corre em sigilo.

A decisão foi publicada no último dia 12 de setembro, mas ganhou destaque após o braço brasileiro do Partido Pirata comentá-la no Twitter na última sexta-feira (27). Desde então, clientes das operadoras afetadas têm manifestado nas redes sociais a impossibilidade de acessarem o serviço.

Continue lendo “O bloqueio do Mega e o futuro do DNS”

Gamers e governos são a esperança do setor de PCs brasileiro

O mercado brasileiro de computadores cresceu apenas 0,3% no segundo trimestre de 2019. Em números absolutos, foram vendidos 1,448 milhão de máquinas que geraram receita de R$ 4,1 bilhões, valor 12% maior que o do mesmo período do ano passado. Os números são da consultoria IDC, que também aponta onde se concentra a esperança de crescimento do setor: no governo e nos gamers.

Wellington La Falce, analista de mercado da IDC, deu mais detalhes desse cenário em uma conversa com o Manual do Usuário. O setor vem de dois anos de recuperação — 15% em 2017 e 9% em 2018 — após meia década de quedas brutais — de 15,4 milhões de unidades vendidas em 2011 para 4,5 milhões em 2016.

Continue lendo “Gamers e governos são a esperança do setor de PCs brasileiro”

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!