Uma olhada no Motorola One, o primeiro celular com Android One do Brasil

11/2/19 5 comentários

No Guia Prático #165, disse que o Motorola One havia sido um dos melhores produtos lançados no Brasil em 2018 mesmo sem nunca ter mexido em um. Sim, sim: sei que é o tipo de declaração arriscada. Em minha defesa, além de ter lido várias análises dele, seu grande destaque é ser parte do programa Android One, que garante atualizações regulares do Android por três anos. Qual smartphone Android recebe atualizações por tanto tempo? Pois é, nenhum — com exceção dos Pixel, do próprio Google. Agora, após passar duas semanas com um Motorola One, posso dizer com mais segurança que ele foi, sim, das melhores coisas que apareceram no nosso mercado ano passado. Não só: mesmo meses após ter sido lançado, ele ainda é uma compra recomendada.

Continuar lendo Uma olhada no Motorola One, o primeiro celular com Android One do Brasil

Homem de 30 e poucos anos compra um mouse gamer

21/11/18 43 comentários

Recentemente constatei que, com a exceção da cama, passei a maior parte da minha vida sentado em uma cadeira olhando para uma tela de computador. Após lidar alguns dias com este que muito provavelmente foi o insight mais deprimente que você leu hoje, decidi investir uma parte do décimo terceiro em conforto quando estiver desgastando as minhas retinas lendo comentários raivosos na internet. #Lifehack: A melhor maneira de lidar com a opressão do capitalismo é servindo-se dele. Continuar lendo Homem de 30 e poucos anos compra um mouse gamer

Ajustando expectativas com o Android Go

23/10/18 8 comentários

O último smartphone do Google, o Pixel 3, tem 4 GB de RAM. A RAM é um tipo de memória temporária, usado pelo sistema e todos os aplicativos durante sua execução. O Galaxy Note 9, da Samsung, tem 6 GB de RAM. Existem aparelhos, como o OnePlus 6 e o Huawei P20 Pro, que chegam a 8 GB. Em breve a chinesa Oppo lançará um com 10 GB. Quanto é o bastante? Em regra, quanto mais, melhor. Mas para a Positivo e o Google, apenas 1 GB já é o bastante. Continuar lendo Ajustando expectativas com o Android Go

F30 Pro, da 8bitdo, moderniza os antigos (e ótimos) controles de videogame

16/2/18 7 comentários

Em algum ponto no meio da vida do primeiro PlayStation, a Sony lançou controles com direcionais analógicos. Fazia sentido nos ambientes tridimensionais que aquele videogame proporcionava. Em jogos antigos ou nos modernos que preservam quatro ou oito eixos? Nem tanto. A 8bitdo, de Hong Kong, está suprindo a demanda por bons controles com direcionais digitais em formato de cruz. E está fazendo isso muito bem. Continuar lendo F30 Pro, da 8bitdo, moderniza os antigos (e ótimos) controles de videogame

iPhone 8: mais do mesmo, só que melhor

16/1/18 15 comentários

Existe um aspecto no previsível que, com frequência, é negligenciado ou até desvalorizado — especialmente em indústrias movidas a novidades reluzentes, como a de tecnologia de consumo. A crítica bate forte em produtos que não se diferem muito, no visual, dos seus antecessores, mas se esquece de que, às vezes, mudar por mudar causa mais mal do que traz benefícios e que há algo a ser apreciado no mais do mesmo. Caso em tela: o iPhone 8. Continuar lendo iPhone 8: mais do mesmo, só que melhor

Na quarta temporada, “Black Mirror” parece preso dentro de um episódio de “Black Mirror”

9/1/18 17 comentários

Já li mais de uma vez gente recomendando não começar Black Mirror pelo começo, ou seja, pelo primeiro episódio da primeira temporada. Tecnicamente, não há prejuízo: todo episódio contém uma história independente com personagens que jamais aparecerão em outro e cada um é hermeticamente fechado, com começo, meio e fim. Continuar lendo Na quarta temporada, “Black Mirror” parece preso dentro de um episódio de “Black Mirror”

[Review] Gear Sport, o relógio inteligente para esportistas da Samsung

8/1/18 8 comentários

Em 2013, quando smartwatches (ou relógios inteligentes) surgiram, eles prometiam nos livrar do vício do smartphone e, quando fosse impossível ignorar as notificações, tornar o ato de olhá-las menos rude. A categoria falhou nesses dois objetivos, mas encontrou utilidades mais humildes e virou um acessório considerado por uma pequena parcela dos consumidores — o que já é um grande mérito se lembrarmos de outras investidas recentes da indústria de tecnologia que tiveram um final pior, como o Google Glass e as TVs 3D. Continuar lendo [Review] Gear Sport, o relógio inteligente para esportistas da Samsung