Uma olhada rápida no Kindle Fire HD8 — e como é usá-lo no Brasil

Dizer que há uma lacuna no mercado de tablets é minimizar o problema. O que existe é um Grand Canyon. Em uma das pontas, temos o iPad Pro e o Galaxy Tab S3, produtos impecáveis que não saem por menos de R$ 2,5 mil. Na outra, um mar de aparelhos de qualidade duvidosa, custando até R$ 300. Se aqui no Brasil o intervalo entre elas é um vácuo, nos Estados Unidos existe um pontinho laranja, bem ali no meio, chamado Kindle Fire, a linha de tablets da Amazon. Continue lendo “Uma olhada rápida no Kindle Fire HD8 — e como é usá-lo no Brasil”

E se tablets foram só uma modinha, tal qual os netbooks?

Há produtos que mudam o mundo e outros que parecem ter potencial para fazer isso. Quando surgiu, em 2011, o tablet moderno imediatamente despontou como um desses. Uma tela enorme para navegar na web e experimentar os apps mais malucos? A ideia era atraente. Passados seis anos do seu surgimento, o clima parece outro — o de oportunidade perdida. Talvez o posicionamento do tablet na história deva ser revisto. Continue lendo “E se tablets foram só uma modinha, tal qual os netbooks?”

O Windows 10 em tablets

Mesmo com a revolução do smartphone, computadores tradicionais ainda estão presentes na rotina de muita gente. A maioria deles é movida pelo Windows. Há quem o ame e quem o deteste, mas para a maioria o sistema operacional da Microsoft é indiferente — parte do dia a dia, apenas mais uma ferramenta de trabalho. Independentemente da sua opinião, uma característica do Windows é indiscutível: a resiliência. Continue lendo “O Windows 10 em tablets”

Em tablets, Android “puro” ainda é desvantagem

Demorou um pouco, mas o Google finalmente lançou seu novo tablet, o Pixel C, nos Estados Unidos. Ele foi anunciado junto aos smartphones Nexus 5X e Nexus 6P, porém teve uma gestação mais demorada. Finalmente saiu, ontem, por US$ 499. Para muitos, um tablet com Android puro é uma compra certa. Para mim, não. Quando a tela é grande, o Android sem retoques da fabricante é uma causa perdida. Continue lendo “Em tablets, Android “puro” ainda é desvantagem”

Positivo Kids ressuscita a questão: qual a idade ideal para crianças terem smartphone?

A Positivo anunciou um novo smartphone. Até aí, nada demais. Salvo quando aparece com uma marca nova ou promove um desses aparelhos com funk o$tentação, é só mais uma notícia corriqueira no concorrido noticiário de tecnologia. O que chama a atenção nesse novo modelo é o público a que ele se destina: crianças. Continue lendo “Positivo Kids ressuscita a questão: qual a idade ideal para crianças terem smartphone?”

Tablets com teclados acopláveis — ou notebooks com teclados destacáveis — são o futuro da computação

A ascensão e declínio nas vendas de tablets foram bastante abruptas. Em menos de cinco anos o segmento, que nasceu com pompa e a força da Apple, em 2010, desacelerou e pôs em xeque sua própria existência. Em paralelo, uma nova tendência aponta para um possível cenário mais animador aos tablets. Com um acessório eles podem virar o futuro da computação pessoal. Continue lendo “Tablets com teclados acopláveis — ou notebooks com teclados destacáveis — são o futuro da computação”

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!