Três imagens de pessoas, sem mostrar o rosto, com roupas básicas/essenciais, com os escritos (um em cada imagem) “Esporte”, “Dia a dia” e “Underwear”. À direita, as frases “O básico que você precisa tem na Insider” e “Clique aqui e use o cupom de 12% off: MANUALDOUSUARIO12”.

iPadOS 16 ganha janelas flutuantes e aplicativo Tempo

Foto de um iPad Pro e um monitor Apple Studio Display, conectados, mostrando oito janelas flutuantes com o uso do Stage Manager do iPadOS 16.
Foto: Apple/Divulgação.

Levou apenas 12 anos, mas enfim o iPadOS 16 ganhará o aplicativo Tempo, aquele do iOS/iPhone que dá a previsão do tempo.

Outra novidade há muito aguardada é a possibilidade de usar os aplicativos do tablet da Apple em janelas flutuantes. A liberdade de movê-las, porém, não será completa (veja imagem acima).

Para essa finalidade, a Apple criou o Stage Manager (também presente no macOS 13.3 Ventura), que centraliza janela e organiza as em segundo plano em pilhas à esquerda da tela. Outro detalhe chato é que o Stage Manager só estará disponível nos modelos de iPad com chip M1. Via Apple (em inglês).

O Android 12L, ou 12.1, está entre nós

E assim de surpresa, tal e qual o próprio anúncio, o Android 12L, ops, 12.1 saiu para os Pixels; para os tablets e dobráveis, fica para mais ao longo do ano, segundo Samsung, Lenovo e Microsoft (!) — tudo que tem de novo está aqui. Junto com o 12.1, a promessa de que agora vai […]

Galaxy Tab S8 Ultra terá entalhe na tela

Foto de divulgação, vazada, do Galaxy Tab S8 Ultra, mostrando a tela ligada com um pequeno entalhe para câmeras na lateral comprida da tela.
Foto: 91Mobiles/Reprodução.

Descobriram fotos do ainda não anunciado Galaxy Tab S8 Ultra, da Samsung, no site da Samsung. O vindouro tablet trará um entalhe na tela, similar ao dos últimos iPhones e dos novos MacBook Pro. Ainda que seja uma solução tampão, temporária, é uma que funciona, a despeito das críticas de (alguns) consumidores e da própria indústria. Lembra quando a Samsung tirou sarro do entalhe do iPhone X? Via 91Mobiles (em inglês).

O que eu uso (2022)

O Manual do Usuário é reflexo da minha curiosidade e vivências. Por isso, os produtos e serviços de tecnologia que uso no dia a dia, para fazê-lo e para outros fins, têm um impacto considerável no site. Daí veio a ideia de fazer um raio-x anual do que estou usando, para dar mais contexto ao […]

Após 10 anos, Motorola volta aos tablets no Brasil

Uma década depois do último tablet que lançou no Brasil, o péssimo Xoom, a Motorola vai tentar outra vez. O novo modelo é o Moto Tab G70, com preço sugerido de R$ 2,4 mil (ou R$ 2,6 mil, com conexão móvel). Curiosa a escolha da marca (alusão ao Moto G). O espírito do tablet é de experimentação, tentando surfar a pandemia. “Não temos vergonha de não lançar mais nenhum modelo se esse não der certo, mas queremos experimentar esse mercado”, disse Thiago Masuchette, gerente de produtos da Motorola no Brasil. Via Estadão.

Amazon atualiza Kindle Paperwhite com tela maior e USB-C; Facebook lança um “tablet” para videochamadas

Semana cheia para consumidores interessados em dispositivos físicos de vigilância de grandes empresas de tecnologia.

A Amazon atualizou seu Kindle Paperwhite, agora em duas versões, ambas com telas (6,8″) e baterias maiores, entrada USB-C e, no caso da “Signature Edition”, carregamento sem fio e sensor de iluminação. Os preços no Brasil estão mais salgados. O Kindle Paperwhite básico encareceu 30% e agora sai por R$ 649. O Kindle Paperwhite Signature Edition custa R$ 849. Via Interfaces.

Lá fora, o Facebook lançou uma versão com bateria do Portal, seu dispositivo para videochamadas. O Portal Go, com tela de 10″, roda Android, mas não dá para chamá-lo de tablet — além de pesado (1,4 kg), o software é restrito a basicamente apps como WhatsApp, Facebook Messenger, Zoom e alguns outros do tipo para o mercado corporativo. Lá fora, sai por US$ 199. Via The Verge (em inglês).

Pine64 anuncia PineNote, tablet com tela e-ink

Tablet com tela e-ink, branco, com o logo da Pine64 e o nome “PineNote” na tela.
Foto: Pine64/Divulgação.

A Pine64, empresa norte-americana especializada em dispositivos mais “abertos” como notebooks e celulares, anunciou que está desenvolvendo o PineNote, um tablet com tela e-ink de 10,3 polegadas, rodando Linux. Deve ser lançado no final do ano, pelo preço sugerido de US$ 399. Mais detalhes, fotos e vídeo, no link ao lado. Via Pine64 (em inglês).

Huawei lança oficialmente o HarmonyOS, seu novo sistema operacional

A Huawei anunciou nesta quarta (2) o HarmonyOS, seu novo sistema operacional para celulares, tablets e outros dispositivos conectados. Gestado desde 2016, o projeto ganhou uma importância maior depois que a empresa foi proibida de fazer negócios com parceiros norte-americanos em maio de 2019. A medida unilateral do governo dos Estados Unidos impede até hoje que a Huawei use o Android do Google, o que freou o movimento de expansão global da marca. Via Bloomberg (em inglês, com paywall).

Veja os destaques da apresentação da Huawei (em inglês).

O HarmonyOS chega primeiro no tablet Mate Pad Pro e no relógio inteligente Watch 3, ambos anunciados junto ao sistema. Cerca de 100 dispositivos já lançados serão atualizados para o HarmonyOS. A previsão da Huawei é de que o sistema esteja em 200 milhões de aparelhos até o final de 2022.

O visual do HarmonyOS é bastante familiar — lembra o Android, mas com elementos visuais do iOS. Embora a Huawei afirme que se trata de um sistema totalmente novo, análises independentes apontam que o HarmonyOS é baseado no Android. Via Ars Technica (em inglês).

ThinkPad 8, cinco anos depois

Duas fotos, lado a lado, do tablet ThinkPad 8 com a tela ligada. As bordas estão com estouro de luz e a parte central tem um brilho diferente, esquisito, que dificulta a visualização.
Fotos: Rodrigo Ghedin/Manual do Usuário.

Por falar em sustentabilidade, encontrei o tablet ThinkPad 8, da Lenovo, que comprei e analisei aqui em fevereiro de 2016. Estava sem uso há uns três anos e guardado em um armário, ou seja, protegido do sol e da umidade. Mesmo após todo esse tempo parado, a bateria ainda deu carga e me permitiu ligá-lo. Por outro lado, a moldura emborrachada meio que derreteu (ficou grudenta) e a tela… as fotos acima dizem mais que qualquer palavra, embora me intrigue o que a destruiu de tal maneira. Talvez algum componente químico da moldura que escorreu para a tela? Vai para a doação, talvez como sucata.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário