Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

Samsung anuncia Galaxy A53 no Brasil com 5G e preço promocional

A Samsung anunciou nesta quinta (17) novas versões dos seus celulares de volume para o mercado brasileiro, Galaxy A53 e Galaxy A33.

É interessante a diferença com que Apple e Samsung tratam suas linhas inferiores. O iPhone SE mais recente recicla um visual de oito anos atrás e apenas atualiza componentes-chaves, como o processador e antenas (5G). O Galaxy A53, por outro lado, tem cara de 2022, com tela grande quase sem bordas e de 120 Hz, 5G e múltiplas câmeras atrás. É um conjunto atraente.

Nesta nova safra de Galaxy A, a Samsung estendeu a longevidade das atualizações prometidas: os dois aparelhos terão quatro do Android e cinco anos das de segurança.

O preço sugerido do Galaxy A53 é de R$ 3,5 mil, mas entre 17 de março (lançamento) e 8 de maio, será vendido por um preço promocional de R$ 2,7 mil — e vai de brinde um par de fones de ouvido Galaxy Buds Live. Será surpresa se a Samsung vender uma unidade que seja desse Galaxy A53 a preço cheio, visto que em dois meses a tendência é o preço de celulares Android despencar no varejo.

O Galaxy A33 chega dia 19 de abril, ainda sem preço definido. Via Samsung.

Fabricantes de celulares, não tentem enganar o consumidor

Em dezembro de 2017, os desenvolvedores do aplicativo Geekbench revelaram que a Apple diminuía o desempenho de modelos velhos do iPhone 6 caso a bateria do mesmo estivesse degradada, uma medida tomada preventivamente para evitar desligamentos aleatórios do celular. Ainda que a motivação fosse válida e a solução, adequada, a falta de transparência causou alvoroço […]

Resgate de carregador para celulares Samsung vira programa permanente

A Samsung mudou a postura do programa de resgate de adaptadores para novos celulares. Agora, o programa tem caráter permanente, e não mais promocional. Isso significa que os compradores dos produtos elegíveis poderão solicitar o acessório mesmo meses ou anos após o lançamento — antes, havia uma janela promocional. O pedido deve ser feito até 30 dias após a emissão da nota fiscal, porém, como especifica o regulamento:

3.1. Período de Aquisição do Produto: de 01 de janeiro de 2022 até vida final do produto.

3.2. Período para Resgate do Produto: em até 30 (trinta) dias a partir da emissão da Nota Fiscal do Produto.

O carregador fornecido é de 25W e os produtos elegíveis são:

  • Galaxy S21 FE 5G (SKU: SM-G990EZ);
  • Galaxy S21 5G (SKU: SM-G991BZ);
  • Galaxy S21+ 5G (SKU: SM-G996BZ);
  • Galaxy S21 Ultra 5G (SKU: SM-G998BZ);
  • Galaxy Z FOLD3 5G (SKU: SM-F926BZ);
  • Galaxy Z FLIP3 5G (SKU: SM-F711BZ);
  • Galaxy S22 Ultra (SKU: SM-S901E);
  • Galaxy S22+ (SKU: SM-S906E);
  • Galaxy S22 (SKU: SM-S908E). Via TechTudo.

Samsung anuncia Galaxy S22 Note, digo, Galaxy S22 Ultra com caneta S Pen e quatro anos de atualizações do Android

Três Galaxy S22 Ultra, de costas, nas cores preto, branco e cobre, de costas e enfileirados contra uma parede clara.
Foto: Samsung/Divulgação.

A Samsung apresentou a linha Galaxy S22 nesta quarta (9) e, de certo modo, ressuscitou o finado Galaxy Note na versão mais cara: o Galaxy S22 Ultra traz a canetinha S Pen embutida e lembra muito os antigos Galaxy Note. Os outros dois modelos, Galaxy S22 e S22+, são atualizações incrementais (leia-se: mesmo visual do ano passado), mas agora o S22 usa vidro em vez de plástico na traseira.

A Samsung aproveitou o evento para mostrar sua nova linha de tablets, aquela com um entalhe na tela. São três modelos, o Galaxy Tab S8 Ultra com um telão de 14,6″.

Outro anúncio, o último, é a ampliação da política de atualizações do Android, que agora alcança quatro anos/versões e cinco de atualizações de segurança. Vale para a linha anterior (S21), aliás. Via Samsung (2) (3) (4).

Sites estrangeiros já publicaram versões resumidas, com menos de 10 minutos, do evento de ~2h30min da Samsung. Veja nos canais do The VergeEngadget.

Datas de lançamento e preços para o mercado brasileiro serão anunciados na próxima terça-feira (15), em um evento local.

Galaxy Tab S8 Ultra terá entalhe na tela

Foto de divulgação, vazada, do Galaxy Tab S8 Ultra, mostrando a tela ligada com um pequeno entalhe para câmeras na lateral comprida da tela.
Foto: 91Mobiles/Reprodução.

Descobriram fotos do ainda não anunciado Galaxy Tab S8 Ultra, da Samsung, no site da Samsung. O vindouro tablet trará um entalhe na tela, similar ao dos últimos iPhones e dos novos MacBook Pro. Ainda que seja uma solução tampão, temporária, é uma que funciona, a despeito das críticas de (alguns) consumidores e da própria indústria. Lembra quando a Samsung tirou sarro do entalhe do iPhone X? Via 91Mobiles (em inglês).

Em 2022, a Samsung apresentará a primeira TV do mundo com um explorador e marketplace de NFTs, uma plataforma revolucionária que lhe permitirá navegar, comprar e exibir suas artes favoritas — tudo em um só lugar.

— Comunicado à imprensa da Samsung. Em outras palavras, a linha 2022 de TVs da Samsung terá um visualizador de imagens que você pode comprar, porém com blockchain envolvida. Via The Verge (em inglês). As novas TVs da Samsung parecem legais, como sempre, e trarão outra novidade em software mais interessante: suporte às plataformas de […]

Samsung presenteia jornalistas, blogueiros e youtubers com celulares de até R$ 12,8 mil — de novo

Print de dois stories lado a lado, com os nomes dos autores ocultados, mostrando a cartinha da Samsung. Destaque para os trechos: “[…] a Samsung te presenteia” e “Aproveite tudo em seu novo Galaxy Z Flip 3.”
Imagens: Instagram/Reprodução.
O Natal chegou mais cedo para um grupo de jornalistas, blogueiros e youtubers brasileiros que cobrem tecnologia. Mais uma vez, a Samsung enviou um celular caríssimo de presente — prática vexatória denunciada pelo Manual do Usuário em 2020.

Desta vez, o presente é um Galaxy Z Flip 3, celular dobrável vendido na loja da Samsung por R$ 7 mil, ou um Galaxy Z Fold 3, de R$ 12,8 mil. O Manual encontrou posts nas redes sociais de quatro agraciados com o mimo da Samsung. Dois deles publicaram uma carta que acompanha o produto, em que a Samsung explicita que se trata de um presente (imagens acima).

É provável que outros pipoquem a partir de amanhã, quando muitos que estavam no Havaí, cobrindo o Snapdragon Summit, evento da Qualcomm, retornam ao Brasil.

Receber um presente tão caro de uma empresa que está (ou deveria estar) sob escrutínio, em reviews de produtos e na cobertura do dia a dia, põe em xeque a isenção do jornalista/blogueiro/youtuber. A única coisa a se fazer nessa situação é recusar o presente. Ano passado, apenas 1 (um) de 54 presenteados devolveu o Galaxy S20 Ultra de R$ 8 mil.

Para entender como a Samsung gasta quase meio milhão de reais por ano para comprar a simpatia da imprensa, leia a reportagem.

Samsung bloqueou remotamente TVs roubadas na África do Sul

Todas as TVs da Samsung têm um sistema de bloqueio remoto que a fabricante sul-coreana pode usar para inutilizar aparelhos roubados. No início de agosto, o sistema foi ativado em TVs de um lote saqueado na província de KwaZulu-Natal, no leste da África do Sul.

Segundo a Samsung, “o objetivo da tecnologia é mitigar a criação de mercados secundários conectados à venda de bens ilegais, na África do Sul e além das suas fronteiras”. Falsos positivos podem ser desfeitos mediante o envio de um comprovante de compra a um e-mail da Samsung.

O sistema depende de conexão à internet para ser ativado e, em essência, não é muito diferente do bloqueio de celulares via IMEI, amplamente usado no mundo todo — inclusive no Brasil. Ainda assim, tal tecnologia suscita debates relacionados a direitos de propriedade, privacidade e poder das empresas. Via Samsung (em inglês).

Samsung anuncia nova geração de celulares dobráveis — Galaxy Z Flip 3 e Galaxy Z Fold 3

Foto promocional de três Galaxy Z Flip 3 em diferntes posições: totalmente aberto, em “L” e totalmente fechado.
Foto: Samsung/Divulgação.

A Samsung anunciou, nesta quarta (11), a nova geração dos seus celulares dobráveis, Galaxy Z Flip 3 e Galaxy Z Fold 3. São iterações, ou seja, nenhuma mudança drástica, mas algumas melhorias interessantes:

  • A tela externa do Galaxy Z Flip 3 (na foto acima) cresceu bastante, a interna agora trabalha a 120 Hz e o aparelho ganhou certificação IPX8, ou seja, é resistente à água. A linguagem visual mudou, com um ar meio “retrô futurista”.
  • O Galazy Z Fold 3 também traz certificação IPX8 e telas (no plural) a 120 Hz, e a câmera de selfie interna passou para baixo da tela — primeiro celular da Samsung com essa tecnologia.
  • Os outros anúncios do dia são os Galaxy Buds 2 e os Galaxy Watch 4 e Watch 4 Classic, os primeiros a trazerem o novo Wear OS fruto da “fusão” de sistemas para relógios da Samsung e do Google.

Lá fora, eles ficaram ligeiramente mais baratos — US$ 999 no Galaxy Z Flip 3, US$ 1,8 mil no Z Fold 3. Segundo a Samsung, “a disponibilidade no mercado brasileiro será comunicada em breve”. Via Samsung (2).

Google e Samsung fundem seus sistemas para relógios — Wear OS e Tizen

Talvez a maior surpresa neste Google I/O tenha sido o anúncio de que Google e Samsung se uniram e fundiram seus sistemas para relógios inteligentes, Wear OS e Tizen. As duas empresas estão trabalhando junto e já mostraram alguns avanços. E o sistema final não será exclusivo delas, qualquer fabricante poderá adotar.

O novo sistema (será chamado Wear OS? Tizen? Ambos?) também tem a Fitbit na mistura, empresa de gadgets vestíveis comprada pelo Google. E conta com a promessa de melhorias drásticas a apps básicos do Google — Mapas, Pay, YouTube Music e Assistente.

A barreira estava bem baixa com o antigo WearOS, mas parece que temos avanços significativos nessa frente após anos de negligência. Se vai colar com os consumidores e gerar relógios competitivos no nível do Apple Watch, aí é outra história. Via Google (em inglês).

Cuide bem do seu celular

A menos que você seja rico ou jornalista/blogueiro/youtuber de tecnologia, celular é um custo considerável e, preferencialmente, esporádico em sua vida. Por ser um objeto útil, até essencial, e ao mesmo tempo caro, a gente economiza, compra e cuida, faz ele durar. No Brasil de 2021, os “incentivos” para cuidar do celular ou de qualquer […]

Samsung não lançará um novo Galaxy Note em 2021

Em conferência com acionistas em Seul, o co-CEO da Samsung, DJ Koh, sinalizou que a empresa não lançará um novo Galaxy Note em 2021. Embora a empresa esteja sofrendo com a escassez de chips — um problema multisetorial, que afeta de celulares à fabricação de automóveis —, essa não seria a única explicação para a ausência de novo Galaxy Note este ano. Segundo Koh, o objetivo é “simplificar a linha de produtos”, mesmo não se falando (ainda?) em eliminar de vez a linha Note. A princípio, ela deverá voltar em 2022.

Lembrando que o Galaxy S21 Ultra, lançado em janeiro deste ano, trouxe suporte à S Pen, o até então grande diferencial da linha Galaxy Note. Via Bloomberg (em inglês, com paywall), Android Authority (em inglês).

Os preços do Galaxy S21 no Brasil

A Samsung anunciou a linha Galaxy S21 no Brasil nesta terça (9). Os três celulares vêm sem o carregador de parede na caixa, mas quem comprar qualquer um deles na pré-venda (entre 10/2 e 7/3) e se cadastrar no site Samsung Para Você entre 5/3 e 4/4, terá 30 dias para solicitar o acessório sem custo adicional. (Fones de ouvido também sumiram e, esses, só comprando à parte mesmo.) Outro mimo da pré-venda é uma Galaxy SmartTag grátis e um voucher para comprar mais produtos Samsung. Preços e valores dos vouchers.

  • Galaxy S21 (128 GB): R$ 5.999 (voucher de R$ 1 mil);
  • Galaxy S21+ (128 GB): R$ 6.999 (voucher de R$ 1,5 mil);
  • Galaxy S21+ (256 GB): R$ 7.399 (voucher de R$ 1,5 mil);
  • Galaxy S21 Ultra (256 GB): R$ 9.499 (voucher de R$ 2 mil); e
  • Galaxy S21 Ultra (512 GB): R$ 10.499 (voucher de R$ 2 mil).

Aparentemente, o dólar pesou e em vez de cair o preço, como aconteceu nos Estados Unidos, o modelo mais barato encareceu em relação ao Galaxy S20 (R$ 500).

A Galaxy SmartTag também poderá ser comprada separadamente, por R$ 199. A Samsung também anunciou os fones de ouvido sem fios Galaxy Buds Pro por R$ 1.399.

Todos os produtos começam a ser vendidos em 5 de março; quem comprar na pré-venda, porém, poderá retirá-los antes, no dia 1º de março, para evitar aglomerações nas lojas. Via Samsung, Uol Tilt.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário