Banner anúncio do Revelo UP, com o logo do programa e o texto 'Financiamento de curso em tecnologia' à esquerda, a frase 'Investir no seu futuro começa agora' no meio e, à direita, a palavra 'UP' vazada, com uma mulher pensativa no 'U' e um homem fazendo anotações no 'P'.

Apple Arcade agora tem jogos não exclusivos

A Apple turbinou o Apple Arcade, sua plataforma de video game por assinatura. Na sexta (2), a empresa liberou 30 novos jogos, incluindo o aguardado Fantasian (aquele dos dioramas reais), e inaugurou duas novas seções que, pela primeira vez, incorpora jogos não-exclusivos: “Timeless Classics” e “App Store Greats”. Há jogos lendários do iOS, como Threes!, Mini Metro, Fruit Ninja e Monument Valley, e todos eles seguem as diretrizes do Arcade, ou seja, nada de anúncios ou compras in-app. Ao todo, o Apple Arcade agora conta com 180 jogos. A assinatura custa R$ 9,90/mês. Via Apple (em inglês).

Nunca pensei q posse parar para analisar os beneficios possiveis do Exercito tomar o poder novamente no Brasil… Hoje estou pensando nisso. Fechar a Globo, botar o STF pra fora, arrancar politicos bandidos do congresso, escola com regras para o povo, PT exilado!

— Aristóteles “Toti” de Azevedo, sócio-fundador da Vorax, dona de times de e-sports, no Twitter A repercussão do comentário de Toti foi imediata e ampla. No mesmo dia (terça, 31, aniversário do golpe militar de 1964), a Vorax afastou o sócio do cargo de diretor, tirando-lhe “qualquer poder de decisão sobre a gestão da equipe” […]

Os riscos da investida comercial da Wikipédia / Video game por assinatura é bom negócio?

Apoie o Manual: https://manualdousuario.net/apoie No podcast desta semana, Jacqueline Lafloufa e Rodrigo Ghedin debatem a investida comercial da Wikipédia, a Wikimedia Enterprise (matéria da Wired), e os acordos que serão estabelecidos com grandes empresas, como Amazon, Apple e Google. Isso afeta a imagem da Wikipédia? Quais as oportunidades? E os riscos? No segundo bloco, debatemos […]

Os últimos minutos de tempo livre

Dia desses um leitor perguntou: “alguém aqui, além de mim, está com FOMO1 de podcast?” A massificação do formato nos últimos dois anos foi balizada pelo surgimento de muitos bons programas. Com efeito, ouvir tudo que nos parece interessante tornou-se um desafio por si só e, para muitos de nós, mais uma fonte de desconforto, […]

Justiça de SP proíbe que Sony bloqueie de vez PlayStation 5 de jogador que violou regras

A Justiça de São Paulo proibiu a Sony de bloquear permanentemente um video game PlayStation 5. A juíza Carolina Sayegh reconheceu que o proprietário do console infringiu as regras estipuladas pela Sony, e disse que não haveria problema em banir a conta dele ou suspender o video game temporariamente, mas bloqueá-lo para sempre “coloca o consumidor em desvantagem exagerada”, afinal é um dano ao seu patrimônio, e isso contraria o Código de Defesa do Consumidor. Via Folha.

Pinturas em prédios de SP dos jogos Cyberpunk 2077 e Free Fire rendem multas e são apagadas

A CD Projekt e a Warner, responsáveis por Cyberpunk 2077, e a Garena, dona do Free Fire, tiveram uma sacada para o marketing dos jogos: alugar as laterais de prédios em São Paulo e pintar artes relacionadas aos jogos a fim de promovê-los. A prefeitura, porém, entendeu as artes como publicidade (o que parece… coerente) e, com base na Lei Cidade Limpa (14.223/2006), multou as empresas em R$ 410 mil (Cyberpunk 2077) e R$ 595 mil (Free Fire). Além do prejuízo, as duas pinturas já foram apagadas. Veja o antes e depois na reportagem do Uol Start.

Project Hazel, a máscara N95 gamer (sim, com LEDs) da Razer

Mulher de cabelos compridos usando uma máscara N95 gamer da Razer com o ventilador iluminado em azul e roxo.
Foto: Razer/Divulgação.

Uma máscara N95 “gamer”, criada por uma empresa de equipamentos de games, com ventiladores que expelem CO2, amplificadores para projetar a voz do usuário e, claro, LEDs coloridos, é a coisa mais 2020 que você verá em 2021. Ainda é só um conceito, ou seja, sem certificação de órgãos sanitários, preço nem data de lançamento — e talvez nem seja lançada. Via Razer.

Facebook domina telas iniciais de celulares no Brasil; Among Us e Snaptube são as surpresas

Apenas três aplicativos estão na tela inicial de +30% dos celulares brasileiros — os três do Facebook. Este dado vem da edição 2020 da pesquisa Panorama Mobile Time/Opinion Box, realizada com 2.003 participantes no final de novembro. Os resultados refletem 2020: Uber caiu bastante (5 pontos percentuais), TikTok foi o que mais cresceu, Telegram também ganhou posições e Among Us apareceu no radar de popularidade (entre 2 e 4% dos celulares).

Chama a atenção a presença do Snaptube, primeiro app não distribuído pela Play Store que entra no radar da pesquisa. Não à toa: ao longo do ano, a Shenzhen DYWX Tech Co., empresa dona do aplicativo, despejou dinheiro em posts patrocinados de sites de tecnologia. O Snaptube baixa vídeos do YouTube. Via Mobile Time.

Falhas em Cyberpunk 2077 geram reembolsos, alertas e até suspensão das vendas

A finlandesa polonesa CD Projekt Red levou sete anos para finalizar Cyberpunk 2077, seu ambicioso jogo futurista, e… parece que faltou tempo. Tanta gente reclamou de falhas no jogo que a Microsoft incluiu um alerta em sua loja dizendo que “os usuários podem ter problemas de desempenho quando jogarem este jogo no Xbox One até ele ser atualizado” e a Sony simplesmente o removeu da do PlayStation até uma correção substancial seja lançada. Ambas estão oferecendo reembolsos completos para quem se arrependeu da compra. Via The Verge (2) (em inglês).

A Black Friday vem aí / Games para ficar zen e falar com os amigos

Indicações literárias: https://manualdousuario.net/livros-recomendados/ Edição 20#43: https://manualdousuario.net/20-43/ Apoie o Manual (agora também via Pix): https://manualdousuario.net/apoie/ Neste podcast, eu (Rodrigo Ghedin) e Jacqueline Lafloufa começamos falando de Black Friday. Na próxima sexta, um monte de lojas farão promoções para convencê-lo a gastar. O estigma de “Black Fraude” ficou no passado? Quais as melhores estratégias para fazer bons […]

Sony também reduz preços do PlayStation 5 no Brasil

Seguindo os passos da Microsoft, a Sony também reduziu o preço do PlayStation 5 no Brasil após o corte no IPI de video games, anunciado pelo governo federal no dia 26 de outubro. Os novos preços:

  • PlayStation 5 Digital Edition: de R$ 4,5 mil para R$ 4,2 mil (-6,6%).
  • PlayStation 5 (com entrada Blu-ray Ultra HD): de R$ 5 mil para R$ 4,7 mil (-6%).
  • Controle wireless DualSense: de R$ 499 para R$469 (-6%).
  • HD Camera: de R$ 449 para R$ 419 (-6,8%).

Quem já fez a pré-compra terá a diferença devolvida. Via PlayStation.Blog.

Após redução do IPI para video games, Microsoft baixa preços dos novos Xbox

Dois dias depois de o governo federal anunciar um corte no IPI que incide em video games, a Microsoft anunciou uma redução no preço dos seus novos video games que serão lançados no dia 10 de novembro. O Xbox Series X passa de R$ 5 mil para R$ 4,6 mil (redução de 8%) e o Xbox Series S, de R$ 3 mil para R$ 2,8 mil (-6,6%). Quem já comprou na pré-venda deve solicitar o reembolso à loja, segundo a empresa. Via @XboxBR/Twitter (2).

A garotada ano passado resolveu reclamar do preço de jogos eletrônicos, chips, etc. E tinha um degrau de imposto, e nós conseguimos passar o maior degrau de 50% para 40%. E agora a molecada voltou a chiar novamente e com razão. Já conversei com o Paulo Guedes, e ele deu o sinal verde.

— Jair Bolsonaro No Brasil, em plena pandemia com quase 160 mil mortes e com todos os problemas que enfrentamos, incluindo o desemprego e o fantasma da fome, o presidente encontra tempo e disposição para se dedicar pessoalmente à redução de impostos de video game. Prioridades. Segundo o próprio, o decreto com as reduções deverá […]

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!