A improvável aliança entre os bilionários do Vale do Silício e Eduardo Suplicy sobre o futuro do trabalho

Qual √© a inven√ß√£o mais importante da hist√≥ria da humanidade? Se voc√™ falou o smartphone, pode passar no guich√™, tomar seu remedinho e voltar para o fim da fila. A roda? O motor ‚ÄĒ primeiro a vapor, depois a combust√£o? P√≥lvora? Vacina? Eletricidade? Os tipos m√≥veis de Gutenberg? Todos √≥timos candidatos e, como isso n√£o √© uma competi√ß√£o, a gente vai deixar a resposta em aberto. (Quando a discuss√£o sobre fofocas das celebridades acabar na mesa do bar, jogue esse assunto e voc√™ ver√° uma interessante conversa florescer ‚ÄĒ ou n√£o.)

E se a gente limitar a maior inven√ß√£o ‚ÄĒ ou a que mais impactou a vida das pessoas ‚ÄĒ dos √ļltimos 100 anos? A internet parece ser uma aposta certeira. O semicondutor, tamb√©m. Mas existe uma terceira muito menos √≥bvia que dita a forma como voc√™ consome diariamente e para o qual voc√™ n√£o d√° a menor bola: o cont√™iner.

Continue lendo “A improv√°vel alian√ßa entre os bilion√°rios do Vale do Sil√≠cio e Eduardo Suplicy sobre o futuro do trabalho”

Previs√Ķes de tecnologia para 2019

No programa de hoje, primeiro de 2019 e da nova fase do Manual do Usu√°rio, eu (Rodrigo Ghedin), Naiady Piva e Fabio Montarroios debatemos algumas previs√Ķes de tecnologia para 2019. N√£o nossas, mas de uma consultoria (Fjord) e de colunistas da √°rea (Ronaldo Lemos,¬†Geoffrey A. Fowler¬†e¬†Joanna Stern e David Pierce).

Continue lendo “Previs√Ķes de tecnologia para 2019”

O Google quer tornar a humanidade obsoleta ‚ÄĒ e est√° conseguindo

Desde 2016, o Google √© uma empresa que se pauta por intelig√™ncia artificial (IA). Na vis√£o deles ‚ÄĒ e de boa parte da ind√ļstria ‚ÄĒ, IA √© a pedra fundamental em cima da qual se constr√≥i a pr√≥xima onda de tecnologia de consumo. N√£o por acaso, o Google est√° muito bem posicionado para essa nova corrida e, recorrentemente, demonstra essa vantagem com produtos in√©ditos, incr√≠veis e que desafiam a nossa credulidade. Continue lendo “O Google quer tornar a humanidade obsoleta ‚ÄĒ e est√° conseguindo”

Destaques da apresenta√ß√£o “O mobile est√° devorando o mundo”, de Benedict Evans

Ao longo do ano publicamos, aqui no Manual do Usu√°rio, v√°rios posts assinados por Benedict Evans, analista da firma de capital de risco Andreessen Horowitz (a16z), no Vale do Sil√≠cio. Ele traz insights interessantes sobre a tecnologia e, em paralelo aos seus textos e coment√°rios no Twitter, mant√©m uma grande apresenta√ß√£o intitulada ‚ÄúO mobile est√° devorando o mundo‚ÄĚ1. A nova vers√£o dela saiu h√° pouco e merece alguns destaques. Continue lendo “Destaques da apresenta√ß√£o “O mobile est√° devorando o mundo”, de Benedict Evans”

Mobile, smartphones e retrospectiva

Esta noite estou viajando para Barcelona para a MWC deste ano, a principal feira¬†anual da ind√ļstria m√≥vel. Tenho ido √† MWC desde 2001, entra ano e sai ano, quando era na (fria e chuvosa) Cannes e tinha um d√©cimo do tamanho — no ano passado havia 85¬†mil¬†pessoas.

O ano de 2001 foi o seguinte ao¬†leil√£o europeu do espectro de 3G, quando as operadoras m√≥veis, bem no topo das bolhas de Internet e do mobile, gastaram ‚ā¨ 110 bilh√Ķes em alguns meses. Elas¬†passaram anos se recuperando da ressaca. Grande parte da justificativa para aqueles¬†valores era a promessa de servi√ßos de dados a serem entregues neste espectro. Mas demorou at√© 2005 para os primeiros celulares¬†com 3G que n√£o fossem tijolos chegarem ao mercado europeu e at√© 2007, √© claro, para os servi√ßos de dados entregues por esse espectro se tornarem interessantes. Continue lendo “Mobile, smartphones e retrospectiva”

Tecnologia não é a solução para tudo

No √ļltimo fim de semana estava lendo os apps indicados pelo Gizmodo, quando me deparei com um para iOS chamado Racha a Conta. A descri√ß√£o de l√°:

Infelizmente, não é todo bar que tem comandas individuais, e dividir o total da mesa por todas as pessoas nem sempre é justo, tem sempre aquele amigo que come ou bebe mais… O Racha a Conta tenta resolver isso: você pode anotar o que cada pessoa da mesa consumiu, dividir itens entre apenas algumas pessoas, marcar o que quem foi embora mais cedo já pagou, tudo para uma divisão mais justa da conta da mesa.

Continue lendo “Tecnologia n√£o √© a solu√ß√£o para tudo”

Pergunte o que quiser sobre escritório do futuro a Patricia Demitroff, do Evernote

Lembra quando Pedro Burgos tirou nossas d√ļvidas sobre o Apple Watch? Gostei tanto daquele formato que comecei a buscar outros profissionais para sess√Ķes de perguntas e respostas aqui no Manual do Usu√°rio. Hoje, o tema √© escrit√≥rio do futuro. Continue lendo “Pergunte o que quiser sobre escrit√≥rio do futuro a Patricia Demitroff, do Evernote”

Sinais de um futuro próximo

O argentino Fernando Barbella √© diretor criativo da JWT, de Londres, e responde pela conta da divis√£o de Lumias da Microsoft. Mas n√£o √©¬†por isso que ele est√° aqui. Antes de cuidar¬†da publicidade dos smartphones da Microsoft, ele desenvolveu um trabalho em suas horas vagas chamado “Sinais de um futuro pr√≥ximo.”

O pr√≥prio Fernando explica, em seu portf√≥lio,¬†qual √© a dessa colet√Ęnea de imagens editadas (mais ou menos) dist√≥picas: Continue lendo “Sinais de um futuro pr√≥ximo”