Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

K-9 Mail se transformará no Thunderbird para Android

Há algumas semanas, o projeto Thunderbird anunciou planos de desenvolver um aplicativo para Android. Nesta segunda (13), saiu o anúncio de que o Thunderbird para Android será, na realidade, o venerável K-9 Mail, resultado da fusão dos dois projetos.

Àqueles que não o conhecem, o K-9 Mail é um app de e-mail para Android de código aberto — e único, depois do melancólico fim do FairEmail.

O K-9 Mail e seu desenvolvedor, Christian “cketti” Ketterer, agora fazem parte da família Thunderbird e trabalharão juntos para transformar o K-9 Mail em Thunderbird para Android, com paridade de recursos, sincronia e identidade visual alinhada à do Thunderbird para computadores. Via Thunderbird (2) (em inglês).

Atom, editor de código do GitHub, será descontinuado

O GitHub anunciou o fim do editor de código Atom. Criado em 2014, ele ficou meio de escanteio nos últimos anos e perdeu espaço, na empresa e entre os usuários, para o Visual Studio Code, da Microsoft — que, lembremos, comprou o GitHub em meados de 2018.

O projeto Atom seguirá ativo até 15 de dezembro deste ano, para dar tempo aos usuários de trocarem e se adaptarem a outro editor. Via GitHub (em inglês).

Gnome para celulares avança com investimento da Alemanha

Celular PinePhone Pro, encostado em uma parede de madeira, com a tela exibindo a gaveta de ícones de aplicativo, aplicativos recentes e busca do Gnome Shell.
Gnome no celular! Foto: Gnome/Divulgação.

O sonho de um Linux puro sangue móvel ainda não se realizou, mas está avançando em projetos como o Phosh, que leva o Gnome Shell a celulares e tablets.

Jonas Dressler, desenvolvedor do projeto Gnome, compartilhou alguns avanços no trabalho de adaptação do Gnome Shell às telas pequenas e sensíveis a toques, resultado de um investimento do Ministério da Educação da Alemanha.

O escopo do projeto financiado pelos alemães, explica Jonas, não é finalizar os trabalhos, mas sim o básico da navegação, abertura de aplicativos, pesquisa, teclado virtual e outros recursos básicos.

Boa parte do trabalho até agora, por exemplo, foi destinada à navegação por gestos. O resultado, a julgar pelos vídeos compartilhados, em hardware real (o celular é um PinePhone Pro, da foto acima), é bem promissor.

“Há muito trabalho pela frente”, diz Jonas, “mas agora o progresso será mais rápido e mais visível porque será trabalho na interface de usuário em si, em vez de em APIs internas.” Isso implica, também, em mais testes e desenvolvimento em hardware real, o que é imprescindível para aperfeiçoar recursos como o teclado virtual. Via Gnome Shell & Mutter (em inglês).

Fedora 36 está disponível

Com algum atraso, o Fedora 36 chegou nesta terça (10). A nova versão da distribuição Linux traz o Gnome 42 em toda a sua glória, pacotes atualizados e, segundo o comunicado oficial, correções de alguns bugs importantes introduzidos nas duas versões anteriores.

“O Fedora Workstation foca no desktop e, em particular, é direcionado a usuários que só querem uma experiência de sistema operacional Linux que ‘apenas funcione’”, escreveu Matthew Miller, líder do projeto Fedora.

Baixe o Fedora 36 aqui. Para quem usa a versão 35 ou um beta da 36, há instruções (em inglês) de como atualizar para a mais recente. Via Fedora Magazine (em inglês).

KDE Connect chega ao iOS

O KDE Connect, solução para integrar celulares a computadores rodando Linux com o ambiente gráfico KDE Plasma (ou Gnome, usando a extensão GSConnect), ganhou sua primeira versão oficial para iOS.

Devido a limitações impostas pela Apple, o KDE Connect do iOS é menos capaz que seu par para Android. Ainda assim, ele faz bastante coisa:

  • Área de transferência compartilhada: copiar e colar entre os seus dispositivos.
  • Envie arquivos e URLs para o computador a partir de qualquer aplicativo.
  • Touchpad virtual: use a tela do celular como touchpad do computador.
  • Apresentação remota: controle um pontinho de destaque no seu computador movimentando o celular de um lado para o outro.
  • Comandos à distância: execute comandos no seu computador a partir do celular.

Toda a comunicação entre celular e computador é criptografada de ponta a ponta. O aplicativo, por ora, está disponível apenas em inglês. Via OMG! Ubuntu (em inglês).

Tails 5.0

Nova versão do Tails, distribuição Linux feita para não deixar rastros — você instala o sistema em um pen drive ou coisa parecida e pode usá-lo em qualquer computador sem alterar nada no computador ou no pen drive.

O Tails 5.0 é a primeira versão baseada no Debian 11 “Bullseye”. Traz, como esperado, pacotes atualizados, e incorpora o Kleopatra, uma interface gráfica para o GnuPG. O Tails é gratuito. Via Tails (em inglês).

LineageOS 19, baseado no Android 12, é lançado

O LineageOS 19, uma ROM alternativa do Android que leva novas versões do sistema a aparelhos diversos, incluindo aqueles já abandonados pelas fabricantes, chegou. Esta versão é baseada no Android 12, lançado em outubro pelo Google.

Como de praxe, o LineageOS traz a última versão do Android com alguns extras e diferenciais criados pela comunidade. Desta vez, porém, há uma má notícia: uma alteração no kernel do Android 12 tornou bem difícil adaptar o LineageOS 19 para aparelhos antigos. A lista de compatíveis, pois, diminui um pouco. Via LineageOS (em inglês).

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário