/ano seis

Hoje o Manual do Usuário completa seis anos (viva! 🥳). De certa forma, é como se fosse o primeiro aniversário. Explico: pela primeira vez desde que fundei o blog, em 15 de outubro de 2013, pude me dedicar a ele integralmente.

Há um ano, estávamos — eu e o Manual — na Gazeta do Povo, jornal aqui de Curitiba (PR). Em dezembro, fui demitido por motivos que me escapam e, em paralelo, ficou manifesto o desinteresse mútuo em negociar uma tentativa de renovação do contrato do blog, que terminaria junto com 2018. Em janeiro, com o apoio do James e da Mad Pony, que hospeda e dá todo o suporte técnico à operação, já estava de casa nova, outra vez independente e, enfim, totalmente focado no projeto.

Continue lendo “/ano seis”

6 posts para celebrar os seis anos do Manual do Usuário

Seis anos! Como parte das comemorações pelo aniversário do Manual do Usuário, listo abaixo seis destaques publicados nos últimos 12 meses.

A linha editorial deste blog é uma mistura de opiniões e reportagens. O formato blog, aliás, é legal pela liberdade que propicia — para testar, experimentar, despirocar. No sexto ano de operação, sinto que aproveitei bem essa flexibilidade do formato.

Continue lendo “6 posts para celebrar os seis anos do Manual do Usuário

/ano dois

Há dois anos, com um visual bem diferente, algumas incertezas e a vontade de acrescentar, o Manual do Usuário entrou em operação. Todo novo projeto vem ao mundo com várias expectativas; com este não foi diferente. Mesmo assim, eu estava preparado para cenários diferentes do ideal, pronto para encerrar o site em um ano se ele não funcionasse. Dito isso, é bom chegar ao seu segundo aniversário maior e mais forte do que nunca.

A exemplo do que fiz ano passado, aproveito a data para, além de celebrar, analisar o que deu certo e o que fracassou no último ano, e olhar para frente, antecipar a você, leitor, o que virá a seguir. Uma das vantagens do Manual em relação a outros sites é a agilidade: sou o único responsável pela tomada de decisões e o site é pequeno, sem quaisquer dependências. Eu posso mudá-lo, experimentar, fazer maluquices aqui. Sendo assim, por que não? Continue lendo “/ano dois”

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!