As melhores promoções da semana (e apps grátis na Amazon)


25/6/15 às 10h26

Ícone do jogo Monument Valley.

Monument Valley

De R$ 10 por grátis

Um jogo pequeno, com visual deslumbrante e história cativante, recomendado por praticamente todo mundo que já jogou — inclusive Frank Underwood, da série House of Cards. Grátis apenas hoje. Outros apps gratuitos para Android na Amazon.

Livros

Kindle Paperwhite (2ª gen). De R$ 429 por R$ 379.

Bilionários Por Acaso: A Criação do Facebook, de Bem Mezrich. E-book Kindle. De R$ 19 por R$ 6.

Vertigem Digital: Por Que as Redes Sociais Estão nos Dividindo, Diminuindo e Desorientando, de Andrew Keen. E-book Kindle. De R$ 29 por R$ 9.

O Poder dos Quietos, de Susan Cain. De R$ 29 por R$ 14.

Moda

Óculos a partir de R$ 49.

Seleção de tênis a partir de R$ 59.

Calvin Klein Jeans e Reserva com até 60% de desconto.

Melhores ofertas de moda masculina com até 50% de desconto.

Farm com até 50% de desconto.

Som

Fones de ouvido Sennheiser HD 202-II. Preto. De R$ 130 por R$ 116.

Caixa de Som 2.1 JBL Creature. Branca, P2, 25 w de potência. De R$ 399 por R$ 265.

Acessórios

Mouse Dell WM123. Sem fio. De R$ 79 por R$ 53.

Kit teclado+mouse Microsoft Wireless 800. De R$ 129 por R$ 84.

Smartphones

Xperia E1. 4″, 4 GB, dual SIM, TV digital, branco. De R$ 369 por R$ 269.

Lumia 532. 4″, 8 GB, dual SIM, preto. De R$ 429 por R$ 269.

Zenfone 5. 5″, 8 GB, dual SIM. De R$ 749 por R$ 459 (Cartão Submarino).

Moto G. 5″, 8 GB, dual SIM, capa colorida. De R$ 749 por R$ 629 (ou R$ 539 no Cartão Submarino).

Moto X. 5,2″, 32 GB, 4G, várias cores. De R$ 1.499 por R$ 1.055.

Galaxy A3. 5,5″, 16 GB, dual SIM, 4G. Grátis: caixa de som Bluetooth Level Box Mini. De R$ 1.800 por R$ 1.214 (ou R$ 1.031 no Cartão Submarino).

Galaxy S5. 5,1″, 16 GB, 4G. De R$ 1.999 por R$ 1.349.

Newsletter

O melhor do Manual do Usuário:


Nas redes sociais, notícias o dia todo:
Twitter // Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

18 comentários sobre “As melhores promoções da semana (e apps grátis na Amazon)”

  1. O developer do Monument Valley me deve dois pastel e um chopps (paulistêis on). Comprei o jogo ontem na Google Play Store.

    1. Ele já ficou de grátis uma outra vez na Amazon. Foi quando “comprei”. Fortemente recomendado o jogo.

      1. pois é.. mais ai comprei sem saber! hehe
        tudo bem, o jogo merece ser pago.

        Eu nunca lembro de ver a Amazon App Store

      2. pois é.. mais ai comprei sem saber! hehe
        tudo bem, o jogo merece ser pago.

        Eu nunca lembro de ver a Amazon App Store

        1. Sim, hahaha, isso tem mais a ver!

          Mas, para não ficar esse vácuo, tem esses dois texto que tratam desse fenômeno do “famoso quem?” que voltou à pauta com a morte do Cristiano Araújo (tenho algumas discordâncias com o argumento, mas vá lá):

          * http://f5.folha.uol.com.br/colunistas/tonygoes/2015/06/1647506-morte-de-cristiano-araujo-expoe-abismo-cultural.shtml

          * http://brasil.elpais.com/brasil/2015/06/25/cultura/1435186419_653347.html

          1. Aqui no RJ, só agora as novas gerações estão começando a dar alguma atenção à ~música(?) sertaneja. O restante de nós, mais experientes, continuamos a ignorar esse troço. Esperar o quê de uma geração voltada para esse funk de tchu-tchá-tchá e que agora ouve sertanojo? Acabou o RJ, vou-me embora!

          2. ghedin, eu li isso do tony goes e achei problemático: “Nossa cultura também está se fragmentando: alguém pode se tornar um fenômeno para um enorme segmento, e passar quase despercebido para outro.”. ora, eu só ouvi falar de unicidade cultural em regimes totalitários (e mesmo esses suprimindo todos aqueles q queriam se desviar)… então é EXCELENTE q estejamos cada vez mais fragmentados culturalmente. afinal, esse lance de identidade nacional não cola mais… é prudente manter as discordâncias então…

    1. Olha só, tropecei em bosta fuçando, seguindo malcriado e achei ouro… tava loco esperando esse joguinho ser “di gratis”… XD

      Valeu Ghedindigehdindigehdin …

    2. rapaz, seu comentário me levou direto à morte do francisco alves, célebre intérprete do cancioneiro nacional, q morreu na década de 50, e q teve o mesmo destino: morto num acidente de trânsito se não estou enganado. vi um vídeo q mostra milhões de pessoas no cortejo do cara (acho q algo similar só aconteceu no brasil, guardadas as devidas proporções, com a morte do senna)…

      https://www.youtube.com/watch?v=WYiOL77T9JA

      na época, a tv estava nos primórdios o e rádio no auge! será q naquela época ele era um desconhecido para alguns? duvido, cara… a população nacional na época era de “só” de 50 milhões. hj, com mais de 200 milhões, é mais provável q haja lacunas em relação a segmentos musicais, pq no brasil, pelo menos, a multiplicidade de gêneros é tão vasta (a abril fez um tour pelo brasil coletando gêneros, algo como fez o mário de andrade com seus registros folclóricos), q mesmo um cara q consiga milhões de fãs pode passar totalmente desapercebido para, por exemplo, milhões de fãs do iron maiden (q aqui no brasil é algo assombroso) e bandas similares…

      esse auê todo nas redes sociais dá uma falsa dimensão das coisas e ficamos meio preocupados mesmo qdo alguém estelar morre e sem nunca termos ouvido falar do cara. foi o meu caso, eu nunca tinha visto o fulano. acho q só com análise de bigdata pra explicar esses fenômenos agora… pq precisaria, eu acho, cruzar muitos dados pra entender isso no contexto atual de milhões de pessoas e quase todas elas com internet… coisa inimaginável nos tempos das transmissões de rádio.

      abs,

  2. Pagar monument valley por duas dilmas (como eu fiz) ou de graça chega ser roubo de tão bom que ele é =| fiquei triste por ter pago tão pouco nele quando soube que a maioria esmagadora dos usuários que jogaram era pirata…