Sorria, você está sendo filmado e identificado por câmeras inteligentes

Durante o Carnaval 2019, o Brasil testemunhou a primeira prisão decorrente do uso de  câmeras de vigilância inteligentes. Elas identificaram um foragido por homicídio no Carnaval de Salvador e soaram o alerta para que policiais militares efetuassem a prisão. Este sucesso não neutraliza os diversos problemas que o uso generalizado e sem muito preparo de câmeras de vigilância, inteligentes ou não, causam. É só isso que eu (Rodrigo Ghedin), Fabio Montarroios e Naiady Piva conversamos neste programa.

Enquanto gravávamos este podcast, dois jovens invadiram uma escola em Suzano, interior de São Paulo, mataram oito pessoas e depois se suicidaram. Algumas publicações lembraram que a Escola Estadual Raul Brasil, onde Guilherme Taucci Monteiro e Luiz Henrique de Castro cometeram o atentado, tinha 16 câmeras instaladas, o que talvez pudesse associar a publicação deste programa com o triste evento desta quarta. Achamos por bem incluir esse aviso para evitar qualquer mal entendido. E lamentamos o ocorrido, desejando força às famílias das vítimas e dos assassinos e que as autoridades tenham controle e discernimento para tomar decisões relacionadas à segurança pública daqui em diante.

Alguns links citados no programa:

Indicações relacionadas ao tema:

Acompanhe

Newsletter (toda sexta, grátis):

  • Mastodon
  • Telegram
  • Twitter
  • Feed RSS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!