Anúncio Acesse versões internacionais da Netflix com a VPN do Surfshark

Chegou a hora de sair das redes sociais?

Na semana em que o Facebook completa 15 anos de existência, tocamos na pergunta que muitos têm se feito ao se depararem com desinformação, polarização e brigas nas redes sociais: está na hora de sair delas?

Eu (Rodrigo Ghedin) e os convidados especiais Alexandre Inagaki e Jacqueline Lafloufa debatemos essa questão sob diversos pontos de vista. Os argumentos para se fazer no mínimo uma “dieta” mais rigorosa das redes são fortes, mas será que vale a pena perder o que o Facebook e companhia oferecem de bom? E o que é esse bom? Há esperança para redes sociais melhores, que pensem primeiro no usuário e só depois nos acionistas e anunciantes? Ouça, descubra e, depois, participe nos comentários.

Alguns links citados no programa:

Ilustração com uma mãozinha depositando uma moeda em uma caixa com o logo do Manual do Usuário em uma das faces, segurada por dois pares de mãos. Ao redor, moedas com um cifrão no meio flutuando. Fundo alaranjado.

Apoie o Manual do Usuário.
Você ajuda a manter o projeto no ar e ainda recebe recompensas exclusivas. Saiba mais »

Livros e estudos:

  • Dez argumentos para você deletar agora suas redes sociais, de Jaron Lanier.
  • Conecte-se ao que importa, de Pedro Burgos.
  • Os efeitos de bem-estar das redes sociais [Universidade de Stanford, PDF em inglês].

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 comentário

  1. Realmente. Tudo que está acontecendo em redes sociais, e o que está acontecendo, relacionando aos algoritmos, existe um grande interesse comercial e político por trás destas redes. E uma coisa muito pior, que pode alimentar informações, banco de dados para o domínio e para controle das massas por grupos e empresas interesseiras, através da inteligência artificial.

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!