Logo da Insider à esquerda e a frase à direita: “Use o cupom MANUALDOUSUARIO12 e garanta peças básicas de qualidade com desconto”.

A privacidade dos seus arquivos armazenados no Google Drive

No Twitter, a cientista da computação e pesquisadora Nina Da Hora publicou um fio questionando as práticas de privacidade do Google em relação ao conteúdo dos usuários guardado no Google Drive.

O assunto é antigo. Em 2012, quando o Google unificou suas políticas de uso e privacidade, levantamos a questão no Gizmodo Brasil. O texto dava margem à interpretação de que os direitos sobre arquivos enviados ao Drive fossem compartilhados com o Google. Não era bem assim.

Ao longo dos anos, o texto da documentação do Google foi refinado. Hoje, a parte que se refere ao conteúdo do usuário armazenado pelo Google está mais fácil de ler. De qualquer modo, o alerta da Nina é válido; sobram histórias de arquivos apagados e contas Google excluídas sem aviso prévio ou chance de revisão.

Deixe um comentário para privacidaeNaoExistenaBigtech Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 comentários

  1. Eu acho tão engraçado as pessoas esperarem privacidade utilizando um serviço de uma empresa desse tipo.

    nesse ramo, sempre, sempre assuma o pior caso. a possibilidade técnica de não ter privacidade nenhuma existe, então assuma que os dados armazenados são usados pela empresa também.

    uma forma de usar o armazenamento é cifrar os dados antes de enviar para o drive.

  2. “sobram histórias de arquivos apagados e contas Google excluídas sem aviso prévio ou chance de revisão.” [Citation needed]

    Posso estar muito desinformado, mas não lembro de nenhum caso específico de arquivos perdidos no Google Drive. Contas inteiras excluídas, aí é outra história, embora que eu só esteja lembrando do criador de Terraria no momento.

  3. Depender do serviço da google e perder repentinamente tudo deve ser uma das piores sensações. Aconteceu inclusive com o criador do Terraria (https://twitter.com/Demilogic/status/1358661840402845696) e nem sei se ele conseguiu recuperar o acesso aos dados.

    Ainda sou muito dependente do GDrive, pois trabalho e sou mestrando e (normalmente) não faço tudo na mesma máquina, então sincronismo é tudo. Por vir das dúvidas, mantenho sempre um backup local de tudo e nunca uso a suíte de escritório do Google, visto que, uma vez sem conta, você não recupera os GDocs da vida. Mas ainda sim, deve ser terrível.

    1. Na mesma situação por aqui, acabei de assinar o Google One e cheguei nesse post do Ghedin preocupado com o excesso de informações que acabei de colocar lá. Pagar pelo serviço acabou aumentando o ímpeto de desfrutar mais dele, uma armadilha bem complicada.

      Mas simplesmente não encontrei concorrentes pro usuário doméstico, todos os planos eram pelo menos 4x mais caros que o do Google, exceto pelo Cozy (que desconsiderei por encontrar poucas informações sobre ele online) e por alguns provedores da Nextcloud, que não topei porque não senti confiança na resiliência, infelizmente.

      Mas é estranho… Preferiria ter encontrado alternativas independentes, ainda que um pouco mais caras

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário