Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

Governo quer privatizar 100% dos Correios

O governo federal quer privatizar 100% dos Correios à iniciativa privada. A informação foi revelada ao jornal O Globo por Diogo Mac Cord, secretário especial de Desestatização, Desinvestimento e Mercados do Ministério da Economia.

A votação da proposta deve acontecer na semana que vem, antes do recesso, segundo o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). Pela proposta, quem arrematar os Correios levará também uma concessão para explorar o serviço postal, que compete à União prestar, segundo a Constituição Federal. Nesse desenho, a Anatel viraria Anacom (Agência Nacional de Comunicações) para regular e fiscalizar a atuação nessa área dos Correios privatizado. O serviço de entrega de encomendas, porém, não seria regulado. O leilão está previsto para março de 2022.

Deputados da oposição, via redes sociais, se manifestaram após a divulgação da notícia. “Estamos diante de mais um saldão que o presidente ‘patriota’ faz com uma empresa pública estratégica para o povo e lucrativa para o país. A Oposição estará firme contra essa privatização. Vamos à luta!”, escreveu Alessandro Molon (PSB-RJ).

Essa luta é de todos nós. Não à privatização dos Correios! Via O Globo.

Deixe um comentário para Diego Cancelar resposta

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

10 comentários

  1. O Correios vem apresentando um serviço muito bom ultimamente e é muito importante pras lojas médias e pequenas independentes (que não estão nos marketplace) oferecerem um serviço no mesmo nível que Amazon e Magalu. Essa privatização põe em risco muitos negócios.

  2. Eu tenho muito uma impressão (que pode ser bem errada, mas enfim) de que só pessoal de capital e cidade de médio porte defende o fim dos correios. Pessoal nunca morou em cidade pequena pra saber que as entregadoras em certos lugares simplesmente terceirizam o envio – e justamente pros correios.

    1. Não só correios, mas Caixa Econômica também. Em muitas cidades pequenas e interioranas o que chega de Brasil é a agência dos correios, a caixa e o postinho do SUS

  3. Tenho a impressão que esta é mais uma privatização que não deveria ocorrer, igual da que pretendem com a Eletrobras. O consumidor ganhará com isso? Entendo que ele irá perder. O Estado ganhará algo com isso? Também penso que não, na realidade, imagino que se ocorresse uma reestruturação dos correios, o Estado ganharia, mas não gostaria de ver algo do tipo neste governo.

    E a justificativa do “o Estado ganhará muito dinheiro com isso e blá blá blá”, por exemplo, 100 bilhões de reais é um valor baixo para o Estado em vista de suas obrigações. Na verdade, precisamos de uma série de auditorias das contas públicas, precisamos de transparência feita de forma clara para acompanhar com segurança os gastos públicos, precisamos de dispositivos legais mais eficazes e transparentes para permitir cada vez mais a participação da população no questionamento e fiscalização dos gastos públicos.

    Dias melhores virão, mas precisamos resistir. Como você pontuou Ghedin, Não à privatização dos Correios!

  4. Pior é que o projeto de lei permite a comercialização da base de CEP.

    Os Correios, atualmente, já vendem a base de CEP, mas não precisava gravar em lei essa possibilidade. Poderiam aproveitar a venda para tornar a base de CEP de fato um dado aberto, que é a sua natureza.

    1. Aproveito para apontar um problema com a forma que os comentarios são aceitos automaticamente. Se alguem souber, ou por acaso descobrir um email cadastrado no serviço que o site utiliza, vai aparecer a foto da pessoa, sem ela ter de fato comentado.
      Essa forma me parece problematica, e não parece estar de acordo com a ideia do site.

      1. Sim, esse é um “problema” de longa data e, ao que parece, insolúvel do Gravatar. Estou sempre atento à integridade dos comentários postados aqui e, claro, aberto a denúncias/apontamentos. Em último caso, removemos os avatares.

    2. Como assim vendem a base de CEP? Eles vendem os dados do banco contendo todos os CEPs do país? Entendi correto?

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário