Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

Aplicativos para ouvir rádio: minhas recomendações

Não tenho rádio em casa, mas gosto de ouvir rádio. Para isso, uso aplicativos que tocam transmissões via internet, um recurso que ao menos as rádios mais populares oferecem há bastante tempo.

O primeiro app que usei para isso foi o TuneIn. Funciona, porém a interface é bastante carregada, com anúncios, podcasts e outras coisas que não me importam muito. Hoje, uso e recomendo outros apps para cada plataforma:

  • No Android, a melhor pedida é o Transistor (F-Droid, Play Store). É um aplicativo bem cru, mas que cumpre bem a sua função e que, por ser cru, acaba sendo leve e direto por tabela. Tem o código-fonte aberto e é gratuito.
  • No iOS, descobri dia desses e tenho usado o Radio Turner (App Store). Ainda é um tanto carregado, com várias listas de estações sem qualquer segmentação por localidade, mas permite acrescentar suas próprias rádios e funciona bem. É gratuito com anúncios, e tem duas compras in-app: para remover anúncios R$ 22,90) e para estender o recurso de gravação (R$ 4,90).

Tem algum outro que você use e goste? Fala para mim nos comentários.

Deixe um comentário para Emanoel Tadeu Dias Cancelar resposta

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

29 comentários

  1. Que bom saber que tanta gente mais ou menos da minha idade ainda escuta rádio! Eu acessava muito o radios.com.br para ouvir estações de outros países, mas agora tenho escutado pelo Deezer.

  2. Puxa vida, não achei que rádio ainda seria tão popular. Ok, entendo quem não tem um plano de dados ouvir FM mas, aqui estamos falando de aplicativos de streaming não é mesmo?
    Eu tenho uma certa birra com rádio FM por causa das propagandas e também pela repetição das mesmas músicas populares que tocam até a exaustão. Ainda há bons programas que valem a pena serem escutados – e que ainda não estão disponíveis como podcasts?

    1. Ainda tem bastante gente que gosta. Eu mesmo não assino nenhum streaming de música, mas ouço rádio todo dia, principalmente uma rádio regional de notícias e uma de músicas “que marcaram época”.

    2. Eu gosto de rádio FM, apesar de que o radinho que tenho hoje deu problema no volume e preciso mandar conserta-lo. A melhor vantagem do rádio FM, dependendo do local, é (se der sorte) ter notícias locais com alguma atualização, condição de trânsito… e tudo isso sem gastar com internet.

      1. Ouço rádio FM o dia inteiro. Dá uma sensação de companhia sabendo que tem pessoas do outro lado fazendo a programação. Nunca achei graça em streaming de música. No meu carro uso pendrive.

        1. Olha, eu escuto mais a Alpha e a Antena 1 (Paulista aqui). Rádios de notícias, eu escutava a finada Rádio Trânsito, pois era legal acompanhar as notícias. Foi uma tristeza o fim da mesma.

          Rádios de notícia atualmente e infelizmente não dá para acompanhar pois boa parte delas é “de direita”. É um porre de vez em quando entrar em um carro e o tiozão tá lá com o rádio na Jovem Pan.

          A Energia 97 tem o “A Grande Verdade”, que provavelmente tenta competir (e zoar) com programas tipo o pânico da Jovem Pan. É o único que gostei um pouco de escutar.

  3. Eu ouço podcasts no Podcast Addict e por acaso esse app também tem uma função de rádio bem útil. Ele permite programar uma rádio como despertador. Eu sempre coloco o canal Folk Forward da SomaFM, com o som bem baixinho. É uma forma boa de acordar gradualmente, sem susto, e sem pegar ranço daquela mesma música de sempre. E ainda deixo aquela música calminha rolando toda manhã, é bem gostoso.
    SomaFM é um projeto de webradio independente que simplesmente não tem qualquer propaganda. Francamente, não sei como ainda é economicamente viável, mas existe.

  4. Eu uso o RadiosNet. O app é gratuito, mas tem uma assinatura pra remover os anúncios. Acho muito bom, principalmente pra ouvir algumas rádios que não tem onde eu moro.

  5. Estou usando o Transistor a alguns dias, mas estou em dúvida sobre como localizar as rádios que desejo.

    Quando busco pelo nome não aparecem algumas rádios que desejo.

    Alguém sabe como posso procurar pelo link de transmissão?

  6. Não é aplicativo, mas diariamente ouço a rádio 89 na Alexa. Acordo e falo “Alexa, toque rádio 89” e deixo tocar pra não me distrair tendo que escolher músicas e playlists ao longo do dia.

    1. “e deixo tocar pra não me distrair tendo que escolher músicas e playlists ao longo do dia”

      Eu nunca tinha pensado nisso. Vou testar, hahah. Valeu pela ideia.

  7. Pro ecossistema Apple, recomendo muitíssimo o Broadcasts do desenvolvedor Steven Troughton-Smith, um dos melhores aplicativos universais que uso.

    1. Parece bom demais esse, hein? Apesar do rol de rádios irlandesas por padrão, foi fácil removê-las. Farei alguns testes aqui e, se for o caso, atualizarei o post. Obrigado!

  8. No iOS uso o Rádio Garden, acho legal o recurso de procurar pelo globo, tem busca, favoritos. Tem opção de pagar pra remover anúncios.

  9. No IOS oque mais uso há muito tempo é o “Simple Radio”, simples e free, dá umas paradinhas de vez em quando. Tenho experimentado também o “Radio Turner”, para menos mas é pago.

  10. Eu até um tempo usava o RadioDroid, mas depois das recomendações, comecei a usar o Transistor. O problema é que achei esquisito a forma de busca de canais dele, mais obrigando a pesquisar sobre antes. No RadioDroid vinha a lista baseada no site Internet Radio.

  11. o meu vem rádio mas só funciona com fone de ouvido, então nunca usei, kkk

    além dos custos, será que é difícil fazer funcionar sem fone?

    1. Rádio FM precisa do fone para usa-lo como antena. Os apps citados serve para uso via streaming, ao invés do uso via FM.

      1. Já tive celulares com rádio que funcionava sem o fone de ouvido, mas eram celulares comuns (“feature phone”). E, realmente, rádio FM só funciona com antena. Acredito que seja simples colocar uma antena em um celular comum, dado que há muito espaço disponível (em comparação com um smartphone), mas em um smartphone, onde cada mm é valiosíssimo acho que não dá mesmo…

        1. Sim sim, toda razão a ti! Que eu me lembre, até nos android 4.4, tinha celulares com rádio e TV com antenas destacáveis (Eu tinha um Samsung Core, se não me engano.) Depois começou a ser usado aquele “rabicho” no Moto G, que funcionava como antena.

      2. eu sei disso, por isso perguntei qual seria a dificuldade para fazer funcionar sem fone, será que é muito complicado colocar a antena dentro do celular?

        1. Interferência, dado que provavelmente algo do circuito do celular pode interferir no circuito FM. Outro ponto é que frequências tipo FM pedem antenas grandes para boa recepção. Quanto menor o rítmo de frequência (Hz), maior deve ser a antena.

    2. quando tinha smartphone com Radio FM, eu comprava aqueles fones bem furrecas, cortava o cabo e deixava curto. Era fácil de carregar e fucnionava como antena.

      1. Isso. E se o sinal de fm for bom no local, não precisa nem deixar um “rabinho”, basta só o plugue mesmo, sem deixar nada pra fora do celular

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário