Fundo azul, com uma chamada para um PlayStation 5 no centro. À esquerda, a frase “Ofertas de verdade, lojas seguras e os melhores preços da internet.” À direita, “Baixe o app do Promobit”.

1Password recebe investimento de US$ 620 milhões para focar em clientes corporativos

O 1Password anunciou nesta quarta (19) uma rodada de investimento série C de US$ 620 milhões, avaliando a empresa em US$ 6,8 bilhões. Parte da base de usuários, porém, está preocupada com o novo direcionamento da empresa, que até pouco tempo atrás nunca havia recebido investimento externo e, mesmo assim, sempre fora lucrativa. Via 1Password (em inglês).

Com os novos investimentos, o 1Password parece estar mudando o foco para clientes corporativos com o objetivo de tornar-se um unicórnio e/ou abrir capital em algum momento futuro. (Esta página do “futuro” do 1Password dá uma boa ideia.)

Duas decisões controversas nos últimos meses abalaram a reputação até então imaculada do 1Password, ao menos entre clientes individuais:

  1. Trocar a base do aplicativo para macOS, plataforma onde o 1Password surgiu, de código nativo para Electron — a mesma usada nas versões para Linux e Windows.
  2. Ocultar e desincentivar a compra única e o uso de cofres no formato de arquivos acessíveis localmente em favor do modelo de assinatura baseado em nuvem.

Note que o 1Password sempre foi um negócio lucrativo, mas a julgar pelo comunicado assinado pelo CEO Jeff Shiner, isso não é mais suficiente:

É verdade que parece peculiar para uma empresa consistentemente lucrativa aceitar financiamento externo. Mas, assim como da última vez [US$ 100 milhões em julho de 2021], estas parcerias nos permitem desenvolver e dimensionar soluções de segurança centradas no ser humano para todos.

O caminho que o 1Password pretende seguir lembra o do Dropbox, que nasceu como um aplicativo simples, rápido e eficiente para pessoas comuns sincronizarem arquivos entre múltiplos dispositivos, e hoje oferece uma série de serviços, com um aplicativo pesado e invasivo (também feito em Electron), com foco em clientes corporativos.

Os insatisfeitos com o novo rumo do 1Password têm migrado para soluções de código aberto — Bitwarden e KeePassXC.

Deixe um comentário para Davi Cancelar resposta

Seu e-mail não será publicado. Dúvidas? Consulte a documentação dos comentários.

5 comentários

  1. Depois de conhecer o Bitwarden neste digníssimo local, nem penso em trocar. Excelente gerenciador de senhas e 100% gratuito =D

  2. Eu já não tenho recomendado o 1Password por ser electron e passei a falar mais do Bitwarden e Enpass.
    Electron é mais lento, mais pesado, consome mais recursos da máquina, enfim, é bem ruim.

  3. Eu tinha acabado de assinar o serviço, semana passada. Pela primeira vez vou passar a usar um gestor de senhas…

  4. Que coisa, né. As pessoas sempre justificam essa rendição ao dinheiro, em detrimento da proposta inicial da parada, com “então prefere que morra de fome?”, como se se render fosse a única opção. Nesse caso o argumento (tosco) nem cabe, mesmo sendo saudável o pessoal preferiu abandonar a direção do projeto.

Compre dos parceiros do Manual:

Manual do Usuário