Montagem com os logos de Amazon Prime, HBO Go, Netflix e Disney+.

Guia Prático #171: Mudanças no streaming de vídeo fortalecem a pirataria


14/2/19 às 10h56

No início da década, a Netflix despontou com uma oferta tentadora: muitos filmes e séries, todos em um só lugar, a um preço bastante acessível. O sucesso da empresa fez com que, anos depois, outras investissem na mesma fórmula, como a Amazon. Agora, os próprios estúdios e distribuidoras, como Disney e Warner, também se preparam para entrar no streaming, cortando intermediários e aumentando a fragmentação.

Ter que assinar alguns planos de streaming acaba com as vantagens originais da Netflix — o baixo custo e a conveniência de ter tudo no mesmo lugar ao alcance de um clique. Essa mudança na dinâmica do mercado pode ter um efeito colateral danoso às próprias empresas do entretenimento: o retorno da pirataria. É sobre isso que eu (Rodrigo Ghedin), Naiady Piva e a convidada especial Andressa Soilo, doutoranda em Antropologia Social pela UFRGS, debatemos no programa desta semana.

Se preferir, baixe o MP3.

O Guia Prático está disponível nos principais diretórios/apps de podcasts: iPhone (Apple Podcasts), Spotify, Google Podcasts ou outros apps (RSS).

Não sabe como assinar podcasts no seu celular? Leia o nosso guia simplificado.


Alguns links citados no programa:

Colabore
Assine o Manual

Privacidade online é possível e este blog prova: aqui, você não é monitorado. A cobertura de tecnologia mais crítica do Brasil precisa do seu apoio.

Assine
a partir de R$ 9/mês