Guia Prático #135: nossos medos e desejos para com a nuvem


22/8/17 às 18h01

Neste Guia Prático de número 135 resolvemos eu (Emily), Leandro Souza e André Fogaça, do Canaltech, falarmos de uma tecnologia que está aí, pairando nossas cabeças, que mudou radicalmente nossas vidas mas, que ainda assim nos causa alguns temores. Sim, estamos falando de computação em nuvem e de seus implicações para a nossa privacidade e segurança. Escute e dê sua opinião.

Edição de Joel Nascimento Jr.

Se preferir, baixe o MP3 para ouvir depois. E assine o programa, via iTunes ou pelo RSS, para não perder nenhum episódio futuro.

Cadê os anúncios?

O Manual do Usuário é um projeto independente, que se propõe crítico e que respeita a sua privacidade — não há scripts de monitoramento ou publicidade programática neste site. Tudo isso sem fechar o conteúdo para pagantes. Essas características são vitais para o bom jornalismo que se tenta fazer aqui.

A viabilidade do negócio depende de algumas frentes de receita, todas calcadas na transparência e no respeito absoluto a você, leitor(a). A mais importante é a do financiamento coletivo, em que leitores interessados sustentam diretamente a operação. A assinatura custa a partir de R$ 5 por mês — ou R$ 9/mês para receber recompensas exclusivas:

Assine no Catarse

Newsletter

Toda sexta-feira, um resumo do noticiário de tecnologia, indicações de leitura e curiosidades direto no seu e-mail, grátis:


Nas redes sociais, notícias o dia todo:
Twitter // Telegram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 comentários

  1. Falando sobre os aplicativos de gerenciamento de senhas…
    Muitos aplicativos oferecem o sincronismo por uma “nuvem própria”. O arquivo criptografado fica no aparelho e o sincronismo ocorre no Google Drive, Dropbox, OneDrive e o sincronismo entre aplicativos acontece por eles.
    Por isso a chance de ocorrer algum problema depende muito mais da segurança desse serviço. E todos eles oferecem verificação em duas etapas.

  2. Não achei o aspecto abordado muito interessante. O conceito de computação em nuvem, comercialmente criado pela Amazon com o AWS (S3+EC2…) para resolver um problema interno, praticamente inaugurou a escalabilidade em serviços web. A computação em nuvem envolve além de armazenamento, capacidade de processamento, rede, entre outros, escalados de maneira rápida e simples.

    Com relação aos backups, hoje tenho sincronia em dois computadores + backup na nuvem + backup no TimeCapsule + HD externo. Tenho 35.000 fotos e mais uma infinidade de arquivos devidamente armazenados, categorizados e de fácil acesso.

  3. No caso dos serviços citados, são basicamente serviços de Armazenamento, exite claro um processamento dos dados no servidor exemplo o Google Fotos em que ele categoriza, cria moments, figurinhas e tals, enfim.
    Mas quando se fala em computação em nuvem está mais ligado ao conceito de processamento de dados em que o todo o processamento da aplicação ocorre no (lado)servidor. Posso estar equivocado, mas creio que faça mais sentido a aplicação deste termo nos dias de hoje para estes casos.

  4. Apenas um comentário contrutivo, os últimos podcast, ao entrar Fogaça o áudio vem mais alto no inicio (meio estourado).