CES 2015: TVs incríveis, notebooks promissores e algumas coisas, ahn… estranhas

O calendário da tecnologia de consumo começa com a CES. Como ocorre todo ano, o evento (que termina hoje) fez o mundo inteiro voltar as atenções a Las Vegas para conhecer alguns dos grandes lançamentos do ano.

Em 2015, a CES basicamente trouxe mais do mesmo: novas telas enormes e lindas, smartphones mais poderosos e algumas maluquices inesperadas, como uma impressora de chocolate. Fizemos um resumo dos principais anúncios feitos lá; a intenção não é cobrir tudo, o que seria humanamente impossível, mas sim registrar para o futuro e deixar você, leitor, a par do que rolou na feira sem que seja preciso passar por 38 sites e acessar 285 páginas. Vem comigo! Continue lendo “CES 2015: TVs incríveis, notebooks promissores e algumas coisas, ahn… estranhas”

Como acompanhar os melhores links que seus amigos postam no Twitter

O Twitter é incrível. Tudo o que está acontecendo está lá. Seus amigos, que usam o serviço, comentam diversas coisas e acabam mandando um punhado de links sobre os assuntos do momento. São muitos links de muitos amigos, o suficiente para se afogar neles. Como filtrar o que importa para ler depois? Com a ajuda de alguns apps — inclusive o do próprio Twitter! Continue lendo “Como acompanhar os melhores links que seus amigos postam no Twitter”

A internet nunca foi tão bonita como neste vídeo psicodélico

A internet começou como uma rede do governo dos EUA e acabou se tornando o habitat natural de lolcats, GIFs animados, textões do Facebook, blogs como o Manual do Usuário e todo esse monte de informação que consumimos diariamente. Ela é algo que ninguém toca, que poucos veem, embora ocupe cada vez mais espaço físico no mundo. E que não para de crescer. Como podemos deixar ela ainda mais interessante no futuro?

Essa é a pergunta do Onward Internet, um projeto do estúdio Buck que junta as melhores ideias sobre o futuro da rede. E para promover o projeto, nada melhor que um vídeo lindão, todo animado e com muitas informações concentradas em pouco mais de um minuto — afinal, quem aguenta vídeos longos no YouTube, né? [Via Pristina] Continue lendo “A internet nunca foi tão bonita como neste vídeo psicodélico”

A arte das continuações de grandes filmes que nunca existiram

Estúdios de cinema investem cada vez mais em sequências de sucesso do passado. Na semana passada, por exemplo, tivemos a estréia de Debi e Lóide 2, vinte anos depois do original. É um tipo de projeto mais seguro aos grandes estúdios, já que franquias consolidadas costumam ter um retorno financeiro mais garantido.

Infelizmente, existem filmes incríveis que ou não deram dinheiro, ou que acabaram se perdendo entre diversos projetos de seus criadores. Em ambos os casos, são histórias que dificilmente ganharão uma sequência. Por conta disso, alguns artistas criaram imagens e títulos fascinantes para filmes que não devem sair do papel. Além das imagens que selecionamos, abaixo, você pode ver e comprar elas e outras no site oficial ou, caso passe por Los Angeles até o dia 23, conferir in loco a exposição SEQUEL: Artists Imagine Movie Sequels That Were Never Made. Continue lendo “A arte das continuações de grandes filmes que nunca existiram”

O novo data center do Facebook foi construído no meio do gelo europeu

Caso você nunca tenha visto um servidor de perto, saiba que eles esquentam bastante. Por isso, em empresas normais, essas instalações costumam ficar em salas muito bem refrigeradas. Só que o Facebook não é uma empresa normal: a rede social é o segundo site mais acessado da internet, perdendo apenas para o onipresente Google. Como resfriar tantos servidores assim? Construindo um gigantesco data center eficiente num refrigerador natural, ou seja próximo ao círculo ártico.

O novo data center do Facebook é uma obra de engenharia pensada para otimizar a forma como algo assim deve ser. O projeto saiu da iniciativa Open Compute Project, criada pela própria rede social para repensar esse tipo de prédio — e que é disponibilizada gratuitamente para todos. Dessa forma, mais empresas podem seguir os passos do OCP e criar data centers mais práticos.

O OCP propõem que as instalações e paredes sejam feitas em outros locais e cheguem no data center só para serem instaladas. Já os servidores chegam em caixas compactas, desmontados, mas com simples passos de montagem. Assim nasceu o Rapid Deployment Data Center (RDDC), nome desse processo para criar e montar um data center de maneira bem rápida como se fosse LEGO.

A área escolhida, com pouco mais de dois hectares, fica no norte da Suécia, na cidade de Luleå. Além do frio (a temperatura é negativa na maior parte do ano), o país tem uma das melhores distribuições de energia do mundo. Isso é bem importante para quem precisa garantir que suas fotos não se percam por aí, afinal eles recebem sete petabytes de imagens por mês! Claro, se a distribuição falhar, o prédio ainda conta com 14 geradores de reserva.

Confira algumas fotos do lugar:

10347503_632214423513916_3272658472323029127_n

Sala dos servidores

Sweden Facebook Server

facebook14

facebook13

Curtir feito de gelo.

facebook11

facebook10

facebook9

facebook8

facebook7

facebook6

facebook5

facebook4

facebook3

facebook2

servidores azuis

6 vídeos para entender (e contemplar) o Material Design, a nova linguagem visual do Google

Se você usa algum aplicativo próprio do Google talvez já tenha percebido que ele está de cara nova. Ou algum app de terceiro. Há algo diferente no ar, ou melhor, na palma da sua mão… Isso, amigos, amigo, é o Material Design em ação.

A nova linguagem visual do Google foi apresentada na conferência Google I/O desse ano. O Material Design é uma evolução do design de cartões, típico do Google Now e que se espalhou a outras áreas, mas agora com foco em profundidade e movimento, e amparado por cores chapadas.

Falando em sistema, é bom se acostumar ao Material Design: sua influência dentro do Google é tão grande que tudo está sendo feito dessa forma. Android 5.0, Android Wear, web apps e até aplicativos para outras plataformas, como o iOS, têm formas, cores e movimentos padronizados. O ideal do Google é manter a familiaridade dos seus produtos independentemente de onde eles sejam usados.

Como imagens falam mais que palavras, selecionamos alguns vídeos para demonstrar o que é, na prática, o Material Design. Continue lendo “6 vídeos para entender (e contemplar) o Material Design, a nova linguagem visual do Google”

5 relógios (não tão) inteligentes, mas lindos e com baterias duradouras

Os relógios inteligentes, ou smartwatches, são a nova menina dos olhos para as grandes empresas de tecnologia. Infelizmente eles ainda precisam melhorar em pontos-chave como autonomia e, em muitos casos, design. Embora não sejam tão inteligentes, uma leva alternativa de relógios que não são tão “smart”, mas mais bonitos e capazes de fazer algumas coisas a mais do que o despertador daquele seu clássico Casio de R$ 20 sem pedir recarga todo dia, já está aí. Eles são mais acessórios de beleza do que relógios, mas passam longe de serem só corpinhos bonitos. Conheça-os: Continue lendo “5 relógios (não tão) inteligentes, mas lindos e com baterias duradouras”

Do NOT follow this link or you will be banned from the site!