Como consumimos vídeo online, segundo a Adobe

No início de junho a Adobe divulgou um relatório sobre consumo de vídeo online. Ele se baseia em números massivos: 201 bilhões de vídeos começados e 285 bilhões de autenticações em mais de 300 apps do tipo TV Everywhere, obtidos anonimamente via Adobe Analytics e Primetime.

A apresentação, acima, está recheada de dados interessantes, mas três chamam a minha atenção.

  1. A dominação da Apple. Quase um em cada quatro vídeos exibidos (24%) no primeiro trimestre de 2015 teve origem num dispositivo da empresa.
  2. Tablet. A frequência de vídeos vistos em tablets se igualou à de desktops (embora esse ainda ganhe em vídeos longos). Do relatório: “Na medida em que os dispositivos se tornam cada vez mais especializados, parece que um grande caso de uso para o tablet é atividades derivadas de lazer como consumo de vídeo.”
  3. Crescimento do conceito de “TV Everywhere,” ou seja, vídeo por streaming autenticado. Em relação ao ano passado, foi de 282%, puxado por dispositivos Apple e set-top boxes e sticks, como Apple TV e Roku.

Post livre #16

Este post é apenas um pretexto para conversarmos nos comentários. Entre, mande um comentário sobre o que quiser, responda os demais, e só.

Submarino oferece vale-compra a quem boletou Redmi 2, da Mi

Na noite da última terça-feira, o Submarino colocou à venda o smartphone Redmi 2, da Mi (ou Xiaomi). Ao que tudo indica, a loja queimou a largada, já que o lançamento da marca Mi e de seus produtos no Brasil está marcado para 30 de junho. Alguns clientes conseguiram fechar a compra enquanto a página do produto esteve no ar e, hoje, eles receberam uma ligação do Submarino a fim de resolver a questão.

Soube, de duas fontes distintas, que o Submarino ligou hoje à tarde aos clientes que boletaram o Redmi 2, da Mi, oferecendo um vale-compra de R$ 450 como “pedido de desculpas.” Uma das fontes havia pago o boleto e, além do vale-compra, a loja se comprometeu a fazer o estorno, com o valor do frete incluso, o que dava R$ 370. À outra fonte, o atendente do Submarino perguntou se ela havia pago o boleto (não havia) e ofereceu um o mesmo vale-compra, de R$ 450.

Na madrugada de terça para quarta-feira, a Mi, por meio da sua página no Facebook, informou que no Brasil seus produtos serão vendidos exclusivamente pelo site oficial. Por que o Submarino queimou a largada de uma corrida da qual, aparentemente, ele nem participará? Bem estranha essa história…

Stephen Elop, em um gráfico

Nokia, Apple e Google, em um gráfico.
Smartphones distribuídos, por ano.

A Microsoft anunciou hoje a saída de alguns executivos como parte de um “alinhamento de engenharia,” entre eles o controverso Stephen Elop, até então VP de dispositivos e serviços da empresa. Para quem não ligou o nome à pessoa, Elop era CEO da Nokia quando essa fechou com o Windows Phone e, posteriormente, vendeu a divisão de dispositivos móveis à Microsoft. Continue lendo “Stephen Elop, em um gráfico”

Submarino vaza Redmi 2, primeiro smartphone da Xiaomi no Brasil [Atualizado 3x]

Poucos dias atrás a Xiaomi (ou apenas Mi) anunciou seu lançamento oficial no Brasil. Será em São Paulo, no dia 30 de junho, às 11h da manhã. Tem até um site para você se cadastrar para tentar participar da festa. Mas… o Redmi 2, um dos dois smartphones da marca já homologados pela Anatel, apareceu no Submarino antes da hora. Continue lendo “Submarino vaza Redmi 2, primeiro smartphone da Xiaomi no Brasil [Atualizado 3x]”

O site recebe uma comissão quando você clica nos links abaixo antes de fazer suas compras. Você não paga nada a mais por isso.

Nossas indicações literárias »

Manual do Usuário